Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

30.07.11

Não sou de cá

aquimetem, Falar disto e daquilo

 

          Com nova catedral consagrada a Nossa Senhora do Livramento que desde 1974 veio substituir a antiga igreja da padroeira que em ruínas, na marginal, se junta ao demais património construído em degradação, Quelimane tem na portuária zona que do Porto de Pesca ao Terminal Ferroviário se distende, o mais encantador dos sítios para se ver e percorrer apreciado e contemplando um rio bordado de mangal e um porto  que já teve mais actividade confiado à concessionária Cornelder. Quando a navegação de 5 e mais metros de calado voltar em forca rio dentro, a industria da pesca retomar a garra, os têxteis de Mocuba desçam de novo pela via férrea até ao desactivado terminal de Quelimane, então sim, o progresso regressou  à capital da Zambézia e toda a nossa gente de cara alegre e “ginga” nova festejará o feito! Eu que vim de visita, gostava de aplaudir, mas vou-me, não sou de cá.       

24.07.11

A seu tempo voltará

aquimetem, Falar disto e daquilo

    

           Com uma populacão a rondar os 194.000 habitantes, a cidade de Quelimane tem na industria pesqueira uma das principais fontes de riqueza que a par da produção agrícola,  que a nível de município e província a envolve, faz dela uma cidade das mais típicas e de maior potencial económico de Moçambique. A recuperar de uma crise que após a independência se abateu por todo o país, também a capital da Zambézia se não livrou do choque provocado e muita da sua riqueza foi penalizada por abandono ou falta de investimento. O estuário dos Bons Sinais, com um porto de grande calado e um terminal ferroviário com linha férrea que se estendia por mais de 150 km, para o interior, a facilitar em especial  o transporte dos produtos agrícolas como sisal, arroz, milho, mandioca, cana-de-açúcar e sorgo (mapira), dava à cidade e aos seus habitantes  o encanto e conforto social que nesta ocasião não abunda, mas que se espera a seu tempo voltará honranda a praca dos heróes.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D