Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

23.04.18

Na alvorada da Liberdade

aquimetem, Falar disto e daquilo

18428855_5gCoR.jpg

Do autor, o académico João de Deus Rodrigues, recebi um dos seus poemas que falam de Abril, aquele Abril com que muitos sonharam e que passadas quatro décadas muitos continuam a sonhar. Ao menos a LIBERDADE se de facto basta só por sí;  ou antes o poema, se a liberdade é sem regra:

Na alvorada da Liberdade

Peguei nos meus filhos pequeninos pela mão,
Nessas manhãs claras que o tempo libertava,
E caminhamos no meio da esfuziante multidão,
Que comungando dos mesmos ideais, lutava. 

Não queria, tinha a mim mesmo prometido,
Que as estradas que se abriam ao nosso querer,
Jamais apontassem na direcção de um só sentido,
Ou alguém cativasse a Liberdade, acabada de nascer. 

Por isso, eis que agora, em Abril, rompe de novo,
O grito do Poeta, espalhado pelas avenidas,
Que é bom lembrar Camões e Goya ao Povo. 

Para que a memória esteja presente no futuro,
De todos os que queiram viver na Cidade,
Para perpetuar nas avenidas o grito Liberdade. 

 In Livro “O Acordar das Emoções” – Tartaruga Editora

25.04.17

25 de Abril

aquimetem, Falar disto e daquilo

25_abril_manif_tropa.jpg

Tenho a consolação de ter vivido o que muitos desses sabichões que em nossos dias por encarrapitados em lugares para onde o povo atirou com eles, são hoje papagaios a falar daquilo que não viram e muito menos sentiram. Quem ao amanhecer da manhã de 25 de Abril pode ser testemunha da saída dos chaimites, na Calçada da Ajuda, por volta das 06h30 senão eu, e os militares que sob comando do saudoso coronel Rameiras partiram do RC7 em direcção ao Terreiro do Paço? Civil, só eu.

sem nome.png

Quem no celebre 25 de Novembro estando no seu local de trabalho é surpreendido por um “Comando” em missão na tomada da Policia Militar, mandou uma bazucada contra o meu local de trabalho e só por milagre não morri, eu e o condutor do coronel Lemos Pires, ali à espera do patrão, reunido na PR? Assisti de perto ao desenrolar dos acontecimentos e das primeiras cenas de uma revolução feita por militares e aproveitada por oportunistas. O resultado está aí, com o povo, que mais ordena, cada vez mais desordenado....

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D