Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

13.10.18

Aldeia de Eiriz, Baião

aquimetem, Falar disto e daquilo

BAO-ancede[1].png

Eiriz é uma aldeia da antiga freguesia de Ancede, concelho de Baião e distrito e diocese do Porto. Foi extinta em 2013 e com outra sua similar forma actualmente a União das freguesias de Ancede e Ribadouro. Na Rota do Românico, tem no seu mosteiro de Santo André o principal baluarte cuja fundação é anterior a 1120. Foi dos Cónegos Regulares de Santo Agostinho até ser ligado ao Mosteiro de São Domingos de Lisboa, da Ordem dos Pregadores. Foi extinto pelo então secretário de Estado Joaquim  António de Aguiar, por Decreto de Lei de 30 de Maio de 1837.

DSC01028 (2).JPG

Hoje de novo com sua igreja aberto ao culto, e as restantes dependências disponíveis para poderem ser visitadas, onde os celeiros, a adega e o lagar dão testemunho da antiga prática de cultivar a vinha que nesta zona, que pertenceu à antiga Comarca de Trás-os-Montes, é vinho verde, do verdinho muito apreciado. Situado entre Tâmega e Douro, Baião faz fronteira com Amarante, Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua, Mesão Frio, Resende, Cinfães e Marco de Canavezes. Nesta altura tem como presidente da Câmara Municipal Paulo Pereira, um homem muito empenhado no projecto que prevê revitalizar a aldeia de Eiriz mediante a recuperação de tradições que caíram em desuso e que de novo postas em função dêem emprego e bem-estar ás populações, fixando-as com satisfação e prazer à terra e região de sua origem.

DSC01041.JPG

O projecto é financiado em 85% por: Portugal 2020 FEDER, e já está pronto. Desta iniciativa tive conhecimento por uma interessante publicação que tem por autores Nídia Carvalho, licenciada em Turismo, pela UTAD; e António Américo Pimenta de Castro Damásio, biógrafo. Que diz ele ser: “por nascimento de Barcelos e de Entre Douro e Minho por coração, família e afectos”. Deste fraternal amigo recebi com dedicatória um exemplar que já li e reli, fazendo votos para que o projecto corresponda aos desejos dos promotores e as populações que dele beneficiem gozem dele e se sintam felizes e reconhecidas. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D