Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

14.05.13

No meu rosário...

aquimetem, Falar disto e daquilo

          No meu rosário de obrigações e propósitos em agenda consta fazer anualmente um "retiro espiritual" que este ano calhei fazer em São Pedro de Penaferrim. Comigo foi também um amigo meu, que sentindo essa quase necessidade de a sós, com Deus, falar do que a alma tem para contar e a inteligência para ouvir, fez o favor de me dar boleia. Muito obrigado, caro amigo José António. Como a pontualidade é uma das regras a respeitar por todo o bom cidadão, a chegada a Penaferrim aconteceu antes da hora marcada, e por isso deu tempo para uma visita pela cerca que é um encanto ver.

           O "Retiro" consta de três dias, entrada na 5ª-feira, ao jantar; e saída no domingo, após o lanche. É um tempo de recolhimento, onde se recebe formação e doutrina com critério teológico que neste campo não abunda noutros meios. Valeu ainda, por este ser em Ano da Fé e em Mês de Maria. Aquele mês que São Josemaria Escriva pede aos seus filhos e filhas no Opus Dei para festejarem com muitas "romarias" a Nossa Senhora. "Romarias" que constam de fazer uma visita a um santuário mariano e recitar três terços, um na ida; outro, no interior do santuário; e outro, no regresso. Ser muito mariano, pedia. A confirmar esta realidade temos J.A. Riesta que escreve: "O Opus Dei é essencialmente mariano, e isso é parte integrante da herança espiritual que recebeu de S.Josemaria. Não é possível entender a vida de um fiel da Prelatura sem um grande carinho à Mãe de Deus".

  

           E acrescenta "O culto e a devoção a Nossa Senhora é muito antigo na Igreja. Surge da realidade da sua maternidade divina e do papel que Cristo lhe reservou na economia salvífica. A Virgem é Mãe de Deus, Theotokos, e nossa Mãe. Neste sentido, o culto mariano teve sempre uma clara conotação cristológica". Também o digo: quem diz o contrário não é cristão.

www.opusdei.pt

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D