Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

31.01.12

Terramoto de 1531

aquimetem, Falar disto e daquilo

 

Imagem de Nossa Senhora da Escada, ou da  Escadinha

         Um artigo de Pedro Marta Santos, na revista SÁBADO, de 26 do corrente, focava uma realidade ocorrida, e para a qual todos devemos estar preparados, pois de um momento para o outro pode repetir-se de novo a catástrofe. Abria assim: " Fala-se pouco dele, mas matou 30 mil pessoas na região de Lisboa. Devastou aldeias inteiras e destruiu parte de Vila Franca de Xira. Houve estragos substanciais em Santarém, Azambuja, Almeirim e até em Coimbra. O terramoto de 26 de Janeiro de 1531, há  exactamente 481 anos, teve epicentro no vale inferior do Tejo, entre Santarém e Vila Franca, mas chegou a Lisboa com grande violência". Cerca de 224 anos depois outro terramoto semelhante se abateu sobre o território lusitano, também com grande incidencia na região de Lisboa, este o de 1755.  É deste que toda a gente ouve falar porque a ele anda associado o nome de um político que tinha tanto de inteligente, como de cruel: Marquês de Pombal.

          Desconhece-se qual a magnitude do sismo de 1531, mas crê-se que perto dos 7,5 na escala de Richter, portanto inferior aos 8,7 a 9 do terramoto de 1755. Porém quanto a vitimas o numero foi  semelhante, ou superior, lê-se. Mas para além de me fazer pensar que de 250 em 250 anos um terramoto costuma dizimar Lisboa, o artigo deu-me a chave para eu perceber  a origem do designativo dado a uma imagem  muito cultuada na igreja de São Domingos (à baixa) que tendo pertencido a uma antiga capela vizinha de São Domingos era por certo a que aqui aparece citada, deste modo: "Fez ruir 1500 casas em Lisboa e devastou igrejas como a de Nossa Senhora da Escada".  Isto no reinado de D.João III (1502 - 1557).

2 comentários

  • Oxalá que não se repita, porque o próximo deve ser pior. Mais gente, e prédios maiores ; então se acontece de dia, em Lisboa; e de noite, na preferia; é uma tragedia ainda maior. Mas não há-de ser nada. No terranoto de 1531 quase não se fala, faz parte reservados históricos como tantos outros eventos cuja memória histórica mantem abafados.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub