Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

28.11.09

capital angolana

aquimetem, Falar disto e daquilo

 

 

          Depois de uma hora de voo, eis-me de novo no aeroporto de Luanda, onde quem ali chegar pela primeira vez e não tenha alguém de confiança  que o oriente ou transporte ao seu destino sujeita-se a ser ludibriado por algum dos muitos "profissionais" da caça à vítima desprevenida...Os inúmeros  e aborrecidos "ajudantes" que ao sair da gare rodeiam  o passageiro oferecendo-se  para transportar as malas, a falta de transportes urbanos com indicação dos pontos de partida e chegada ao centro da cidade ou arrabaldes são lacunas que se vêem a olho nú e dão da capital angolana uma imagem que não merece:desordem.     

          A mim valeu-me além da filha, ter lá amigos que se disponibilizaram não só a ir buscar-me  ao aeroporto como colocar um carro ao meu dispor para nessa tarde viajar pela cidade. Depois de almoço que mais uma vez foi num restaurante da Ilha do Cabo, seguiu-se uma visita pela baixa e bairros principais da cidade, como Miramar, Alvalade, Bairro Azul e outros.  

          Luanda - cidade

           Luanda - cidade

          Luanda -  cidade

          Luanda - Vendedeiras de fruta

           Ilha do Cabo ou Ilha de Luanda

 

 

          Na ilha do Cabo ou ilha de Luanda existe a igreja mais antiga de Angola, mandada construir em 1575 pelos portugueses que aquando do desembarque do  Capitão-mor Paulo Dias de Novais na ilha,  com homens de armas, padres, mercadores e servidores, ali se fixaram e consagrados a Nossa Senhora, deram ao templo a designação de  igreja de Nª.Sª. do Cabo. O Papa João Paulo II, numa sua visita a Angola entrou e rezou neste templo. Também  na minha primeira visita à ilha, no passado dia 14 de Março, foi na sua frontaria que vi o primeiro cartaz com a foto de Bento XVI, anunciando a sua visita pastoral a Luanda de 20 a 23 do preciso mês. Se houvesse bons e rápidos transportes e mais alojamentos disponíveis  em Luanda  por certo que muitos angolanos e turistas que nas minhas condições não puderam assistir ao histórico evento, o teriam feito nessa ocasião para agradecer e saudar Sua Santidade pela  sua  visita à capital angolana.

4 comentários

  • Muito e muito obrigado não sabia desse facto e feito a que um nosso ilustre conterrâneo ficou associado . Foi pena não saber antes da viagem pois sempre me teria detido ainda que por instantes naquele local em sua memória. Um abraço.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.12.2009

    Não viu o túmulo do nosso Frei Belchior da Conceição porque demorou a almoçar na ilha do Cabo , como sempre.
    Também não sabia , tenho a certeza .que o edificio antigo dos Bombeiros na tal Rua Velha, era dos pais da minha avó, aquela que rezava o terço com aquela outra Senhora...e foi vendido para o nascimento de o que são hoje os Bombeiros de Mondim...
    Uma grande Familia...
    O nosso conterrâneo Teixeira da Silva, sempre na maior
  • Imagem de perfil

    jts 02.12.2009

    Mais uma vez a diáspora Mondinense, a engrandecer a nossa tera.
    Para que saibam um pouco mais, da história do edifício dos Bombeiros Velhos da rua Velha, aqui vai uma pequena ajuda:
    O Comendador José de Carvalho Camões, arranjou grande fortuna no Brasil. Em 1 923, numa das suas deslocações à terra onde nasceu, um grupo de grandes Mondinenses conduzidos por Amadeu de Jesus Figueuras, foi em visita de cortesia à sua Casa do Casal, - uma das maravilhas arquitectónicas da nossa vila - e ao mesmmo tempo convidar o Comendador, para presidir à recem criada Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mondim de Basto.
    O anfitrião,agradeceu o convite e perguntou: onde pensam alojar o Corpo de Bombeiros?
    Responda V. Ex.ª, disseram os seus amigos.
    Bom. Então irão ficar alojados provisòriamente na garagem do Casal. E em seguida, vamos pensar na construção de um quartel.
    A melhor proposta, apontava para a adaptação de uma velha moradia na rua Velha, e que em princípio seria possível adquirir ao seu proprietário, um lavrador de Vilar de Viando. Feita a consulta, ficou a saber-se, que o preço pedido pelo proprietário, andava na casa dos dez contos de réis.
    Como essa importãncia era incomportável para as possibilidades da Associação, mais uma vez o Comendador Camões, resolveu o assunto.
    Eu dou os dez contos de réis. Haja quem arranje o dinheiro paraas obras de adaptação.
    De imediacto, escreveram ao Comendador Alfredo de Carvalho Pinto Coelho, que tinha grande fortuna na cidade do Recife e em menos de um mês, começaram as obras do novo quartel, sendo inaugurado em 1 927, com grande pompa e circunstância.
    Este velho quartel, serviu os Bombeiros, até Dezembro de 1 988, data em que se modaram paraas modernas instalações da Av.ª da Igreja.
    Meus caros conterrâneos, eis aqui, uma pequena contribuição que vos deixo, sobre a história dos Bombeiros e da sua primeira casa.
    Um abraço a todos.
    Teixeira da Silva

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D