Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

10.05.09

Luanda da Cabeça aos pés...

aquimetem, Falar disto e daquilo

 

          Como a seu tempo dei noticia, fui visitar Angola, aquele grande país que quando deixar de ser de uns tantos,  para passar a ser todos os angolanos, se  tornará sem dúvida na sala de visitas de toda a África Ocidental. Tem todas as condições para isso, e potencialidades económicas também lhe não faltam ! Haja  vontade e bom censo político.

 

Mapa de Angola

           Situada na Costa Ocidental do Continente Africano, ao sul do Equador, Angola estendendo-se, desde os paralelos 4º 21´ 26´´ e 18º  02´ de latitude sul e meredianos 11º 41´e 24º 05´ (gravidade). Fica compreendida entre a embocadura do Rio Zaire  e a do Cunene, tendo ainda a  norte do primeiro destes rios os territórios do Distrito de Cabinda que defrontam ao N. do Chiloango com  a Republica do Congo Francês e ao S. e L. com a Republica  do Congo. A superficie da Provincia é de 1 246 700 quilómetros quadrados.

          Ocupada por  Portugal durante 493 anos, desde 1482 até 11 de Novembro de 1975, Angola,  quer se queira quer não, continua a fazer parte do sentir dos portugueses, mesmo daqueles que  sem nunca lá terem vivido, sentem como sua, a terra e gente angolana. Comigo sempre aconteceu isso, mesmo antes desta visita ocasional. Talvez por Diogo Cão ser, como eu, transmontano ! Também por ser transmontano, calar as verdades que se não devem  ocultar, está fora dos meus principios. Daí que sem querer ser maldizente terei de comentar o que a minha objectiva recolheu da  varanda dum  prédio de  16º andar, e sem elevador....

 

          Não é pera doce para quem diariamente, e por mais que uma vez ao dia, tem que subir tanta escada e carregando com as "compras" ao lombo, à cabeça ou à mão. Do mesmo modo o espectáculo da pouca ou nenhuma hegiene urbanistica da cidade também deixa muito a desejar. Aqui, o espaço à volta do ex-Liceu Salvador Correia de Sá é disso exemplo. Ora reparem comigo lá do alto, e vejam Luanda da cabeça aos pés:

 Ex-Liceu Salvador C. de Sá.

 

Área envolvente ao ex-liceu S. Correia de  Sá

 Um aspecto da cidade, onde como pano de fundo

entre as duas torres, morre o Palácio da Presidência e a Sé

de Luanda

 

          O meu  distino não era Luanda, dai que só por amabilidade de quem me acolheu fiquei a conhecer um pouco da cidade e um dos lugares que em primeiro visitei, foi o Bairro e a esplanada Miramar, que está para  Luanda, como o Restelo ou a Lapa estão para Lisboa. Dali admirei além da esplada, com restaurante e um écran gigante, o seu miradouro sobre  o porto e a Ilha do Cabo, lá ao fundo. 

 

Plateia

 écran gigante

 

 Miradouro, ao fundo  a Ilha do Cabo

Miradouro, com a Ilha do Cabo lá ao fundo, e a triste imagem

duma Luanda enferrujada.... 

2 comentários

  • Ainda bem! Que haja quem goste daquela terra e da sua gente que além de sedutoras carecem de calor humano, pois do divino se encarregou o Criador dar em abundância. Bem haja
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D