Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

30.01.09

Ele lá sabe porquê!

aquimetem, Falar disto e daquilo

          Não temos o direito de acusar ou condenar seja quem for, enquanto a Justiça se não pronunciar primeiro. Plenamente de acordo,  quando isso acontece  num país onde a Justiça  funciona sem pressão política e os agentes da mesma  obedeçam apenas à lei e sua aplicação. Por muito que queiram mostrar que isso acontece em Portugal, não conseguem, e entre tantos exemplos o "Caso Freeport" é mais um que já levou o destemido presidente do Governo Regional da Madeira a vir a publico dizer que  considera estranho o comportamento da Procuradoria-geral da Republica no processo de investigação deste caso. Caso em que o jornal El País  descreve e aponta José Sócrates como elemento debaixo de fogo.... Que tudo rabeia, está o facto do PS já ter começado a enviar mensagens aos seus militantes para lembrar que Sócrates está a ser vitima duma "Campanha negra" e que por isso deve ser  defendido... Ele não precisa, parece mais que confiante..., disse até de pedra e cal. Ele lá sabe porquê!

          Verdade ou mentira, há-de se saber, mas neste caso para já se os visados tivessem vergonha na cara, não perdiam mais tempo e demitiam-se das sua funções. Vão cavar batatas que a crise a isso convida, e deixem-se lá, de como diz o cartaz que professores empunharam numa das suas manifestações, nos enfiar o  barrete, pois  " COM O MAGALHÃES E O INGLÊS QUEREM ENGANAR O POVO PORTUGUÊS."

6 comentários

  • São todos muito sérios. O outro que se encontrava num grupo de gente séria também dizia: " eu sei que vocês são todos sérios, mas o facto é que a minha carteira desapareceu do bolso!". Há muitos Zezinnhos , e Pinóquios também!
    Aqui só há uma atitude honrosa para este governo: pedir a demissão ao Presidente da República, e pedir aos portugueses desculpa por os ter enganado e metido numa "FOSSA", como agora disse o Alberto João.
  • Sem imagem de perfil

    mgraça 03.02.2009

    O comprovinciano já está como eu: não é Zézinho, é Zézito, e não pode pedir demissão e ou desculpa aos portugueses; porque ainda não há provas!...
    -Não esteja com esse mau feitio!...
    Até ver, não se pode fazer e nem dizer nada...
  • Se está à espera de mais provas vem morre sem elas. Quem é o investigador que entra ali... e o juiz, com eles ...no lugar, para culpar estes artistas ? Depois não vê quem é que nomeia os quadros superiores de Justiça e das Polícias ? Olhe minha amiga por bem menos o Jorge Sampaio demitiu o Santana Lopes. Mas Cavaco Silva tem postura de Homem de Estado e o governo não tem postura nenhuma
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 04.02.2009

    VENHO LÀ DE TRÁS-OS-MONTES

    Venho lá de Trás-os-Montes
    onde o trabalho faz lei
    __que destino é esse
    é que não sei.

    Sei
    que em trás-os-Montes
    o trabalho dá nobreza,
    produz riqueza,
    reforça a grei.

    Aí a vida é diferente,
    para quem sente
    o mundo à sua volta.

    Não há lugar a traições,
    nem os papões
    andam á solta.

    Terra de paz,
    onde em menino,
    cada um faz
    o seu destino.

    Por isso me ufano
    de ser Transmontano

    E esta alegria infinda
    é maior ainda
    por ter a sorte
    de ser do Norte
    um paladino.

    BARROSO DA FONTE ---Maio 1990
    Livro TRINTA ANOS DE POETA
  • Sim senhora, um grande poeta transmontano que como os seus pares das origens dá destaque. Sou um admirador dele, sobretudo no jornalismo.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D