Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

14.12.07

o Tratado de Lisboa

aquimetem, Falar disto e daquilo

            Por incrível que pareça ignorei até que o "Metro" de hoje me desse alguma informação acerca do que  ontem se passou em Lisboa à volta da cerimónia de assinatura do "Tratado Europeu" que decorreu nos claustros dos Jerónimos. Estou-me habituar a não perder tempo com espectáculos de fachada política, onde em vez de ser nós os espectadores, são os "artistas"  a fazer de nós palhaços. E como tenho pelos profissionais de circo e teatro muita admiração, não quero criar confusões.

Jerónimos

            Percebi agora o motivo pelo qual o nosso primeiro-ministro anda sempre com a tacha arreganhada: treino para  durante uma hora aguentar de pé e a rir, dando apertos de mão aos membros de 27 nações da União Europeia. Que mais tem ele para dar? Que ao menos seja homem de palavra e respeite a promessa eleitoral de realizar um referendo ao Tratado como até a própria Juventude Socialista recorda e pede.

Claustros dos Jerónimos

            O último a receber o sorrisinho e saudação à Sócrates foi Sarkozy, e quem nem tão pouco esteve para isso, foi o Reino Unido, que apenas mandou a Lisboa, o ministro do negócios estrangeiros. Mas, tudo bem. Agora  imagino a imponência e  o espectáculo que deve ter sido, no fim da assinatura, aquela viagem de eléctrico desde os Jerónimos até ao Museu dos Coches, onde decorreu o almoço! Que pena eu já não morar em Belém, para poder observar! Como eu teria apreciado ver, lado a lado, o nosso primeiro-ministro como que atrelado à chanceler alemã, Angela Merkel, que lhe calhou na rifa !!!   

Museu dos Coches

             Não sei o que foi a ementa, nem quem a escolheu, mas o lugar foi bem escolhido. O Museu dos Coches, antes da Republica foi o "Picadeiro Real do Palácio de Belém", obra do arquitecto italiano Giacomo Azzolini, de 1726. Escolheram bem, talvez pelo cheiro...

Quiosque de Belém

            Bons tempos quando na esplanada, em frente ao Museu dos Coches, eu gastava horas a devorar leitura e cigarros. Mas tudo tem fim, até o que não tem fim que preste: o Tratado de Lisboa.

3 comentários

  • Também o burro da peixeira sabe, há-de ver não neste, mas em outro meu blog, e post deste dia. Procure que há-de encontrar o burro que pensa....
    Boas Festas, também.
  • Imagem de perfil

    touaqui42 18.12.2007

    Por acaso reparei no FALA-SÓ
    E ao que parece fala só.
    Portugal encontra-se na cauda da tabela dos POBRES.
    O que dá na ideia que os lugares pretendidos estão em curso para certos DEMOCRATAS.
    Que afinal foi isso que se afinou neste TRATADO.
    Deu graça mas não tem graça alguma a questão dos 76 centimos diários de aumento nos Salários Minimos, já que os Bens Alimentares vão subir (que já subiram) 10%.
    Enfim e agora falta a tal assinatura.
    Á e ontem aquela peixeiráda em BRUXELAS foi de morte , alguém está com medo da extinção de algumas especies na TERRA.
    Será a dos POLITICOS ??????.
    Continuação de Boas Festas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub