Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

25.07.07

tudo como dantes !

aquimetem, Falar disto e daquilo

          No dia em que no Publico, o histórico Manuel Alegre diz das boas a respeito do Sócrates e do  PS, também José Júdice, no Metro, comentando o que à volta das eleições intercalares para a CML aconteceu de bizarro, relata: < Depois dos excursionistas da Terceira Idade apanhados em frente ao Hotel Altis a vitoriar o triunfo do candidato governamental à Câmara de Lisboa, foi a vez das televisões apanharem meninos contratados a 30 euros ao dia para fazerem de conta perante o primeiro-ministro que eram alunos brilhantes. No caso dos idosos trazidos de Cabeceiras de Basto ou de Alandroal em excursões organizadas pelas secções locais do PS para visitar Mafra, Óbidos, os Jerónimos e essa nova  maravilha lisboeta que é o sr. António Costa, não faltou quem comparasse a situação com as "manifestações espontâneas"  promovidas pela União Nacional. Nesses patéticos momentos de exaltação salazarista, como muita gente se recordará, milhares de pessoas simples e humildes eram arrebanhadas nos confins da Parvónia para virem até à Capital do Império vitoriar o Presidente do Conselho e gritar "Salazar!Salazar!Salazar!" no intervalo de visitas a Mafra, Óbidos e aos Jerónimos. A única coisa que mudou foi o "P" do Partido Socialista antes do "S" de Salazar>.  Para nosso azar, tudo como dantes !

 

Lisboa - Calçada da Glória

Lisboa - Trav. do Fala- Só 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D