Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

28.02.20

Vamos a ver onde vai parar

aquimetem, Falar disto e daquilo

Sempre que a aminha amigalhaça Cristina Lopes vai à terra visitar avó e a minha e a terra dos pais dela é certo que me traz uma prenda da região. E uma delas foi uma que por omissão não assinalei e sendo das mais importantes. Aqui a deixo agora exposta e bem notória com um especial agradecimento. São coisas que passam, mas que não devem esquecer visto serem do foro espiritual e que portanto se devem respeitar. Eu tenho por estas coisas um respeito muito grande e sempre que alguém me toca nesta matéria desculpo, mas não pactuo, nem alimento conversa. Tenho-a em frente ao meu computador, e assim a quero pois me ajuda a ver melhor o panorama sentimental que campeia neste tempo que se aproxima e vai dar lugar à Páscoa da Ressurreição.
Junto tenho também um crucifixo que me ajuda a de vez em quando deitar os olhos para ele e poder sentir a força que por vezes nos falta para dar a volta a tantos problemas que a vida nos pões a ver. Uma das coisas que mais presente tenho é ver a nossa pequenez, e o arrojo de tantos homens a julgarem-se heróis. Quando basta um pequenino sinal de “coronavírus” para logo tudo ficar desarranjado e sem hipótese de se desenvencilhar. Vamos é ver onde isto vai parar

23.02.20

Fazendo de conta quê…

aquimetem, Falar disto e daquilo

Marcado pelo que se diz, defeituoso os nossos parlamentes deram provas da sua incompetência e fraqueza moral, desde os PSs, aos PSDs todos deram provas da sua falta de sensatez e desobediência infernal, não foi para isso que eu votei PSD. Mas como já disse só o CDS se portou como eu desejava e por isso vai passar a ter o meu voto a partir d´agora. Só por uma questão meramente sentimental, não dou o meu voto ao PCP que bem o merecia. “António Filipe, tomando palavra para defender o voto contra dos comunistas a todos os projetos em discussão para a despenalização da eutanásia, destacou que não se trata de "uma guerra de trincheiras", de direita ou de esquerda, de iluminados ou obscurantistas, ou sequer de discutir a dignidade individual. No entanto, defendeu, "o país não pode criar mecanismos legais para ajudar a morrer quando não garante condições materiais para continuar a viver", disse, colocando a tónica sobre a disponibilização de cuidados paliativos universal”. Mas transcrevo a alegação deste Partido que foi dos que não assinou a nova forma de “pena de morte” criada em Portugal que foi o primeiro desfazer-se dela na Europa, durante o século XVIII (1867). Voltamos ao principio, é o que me espanta!!! Retrocesso é o que vê com estes politiqueiros e politiquices de andar por casa, ou a gostar do que roubam. Triste país que nem com um presidente da Republica a dizer que não concorda, estão decididos a suspender a aprovação do debate no que devia ser o lugar mais respeitado do pais, mas não passa de ser o mais reles dos lugares onde toda a cambada de ingratos tem assento parlamentar e para lamentar…

19.02.20

Manifestação em Carnide-LISBOA, pedindo a reabertura da Esquadra da PSP

aquimetem, Falar disto e daquilo

 

Ontem dia 17, Carnide saiu à rua e juntos com o dinâmico presidenta da Junta, Fábio Sousa, e o apoio dos membros dos membros dos partidos representativos dos Partidos representados na Assembleia da República fez uma manifestação que juntou muita gente e teve cobertura por parte dos vários meios de comunicação. Marcada para as 18h30, ainda não eram 6 da tarde e já por ali corria gente a ver no que ia dar. Conduzida pelo respetivo presidente que a pedido da população a pediu e deu a dela publicidade.
Desde o BE ao CDS todos os partidos se juntaram e deram a sua contribuição favorável á reabertura de esquadra que tanta falta faz, numa zona onde se quer ordem e respeito pelos moradores. Ninguém ficou em casa, nem os doentes, como eu se sentiram na obrigação de estar ali e dar mais força aos manifestantes presentes e que se decidiram a dar apoio ao habitantes deste lugar onde se quer a Esquadra que este governo encerrou. 
E se como fez constar o governo que desde que a Esquadra encerrou até os assaltos diminuíram que passe pela rua do Norte e pergunte lá se sim ou não. Mas mais ali se ficou a saber, e que ficou registado, todos os partidos comem na mesma panela, e ali foi revelado que todos os partidos são responsáveis por esta situação a eles se deve a morte das esquadras. Pois todos assinaram a sua morte, ali foi dito e ninguém desmentiu. Mas venha de novo a Esquadra de Carnide, é o se pede. Já é tempo demasiado para enganar os patetas.

07.02.20

E a Gratidão pede que me lembre dele

aquimetem, Falar disto e daquilo

Faz no próximo dia 08 nove anos que o Dr. Primo Casal Pelayo deixou o mundo dos viventes. Faleceu em Lisboa, e nasceu em Fajozes-Vila do Conde, em 1925, a 5 de Junho. Se fosse vivo faria este ano (95 anos). Professor distinto e proprietário que foi do Externato Latino Coelho, em Belém. Ali lecionou além de Latim, também Geografia, História e Português, em que era exímio. Formado em Direito, na Universidade de Coimbra, ainda tentou seguir a carreira da magistratura, tendo mesmo chegado a desempenhar o cargo de Delegado do Ministério Público, mas não se sentio sedúsido e por isso optou pelo magistério que afinal era o emblema daquela família, marcada pelo Colégio de São José - Vila do Conde, o Colégio da Família Pelayos. Tenho para com ele, uma divida de gratidão, por isso sempre que se aproxima a data do seu nascimento ou da morte, vem-me à memória a sua imagem. E a gratidão pede que me lembre dele.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D