Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

09.05.07

Um beijinho para ti, Madeleine MacCann !

aquimetem, Falar disto e daquilo

Maddie

          Portugal que há umas três décadas atrás era o país mais seguro e acreditado do mundo, onde personalidades como os progenitores do actual Rei de Espanha e outros, como um Rei Humberto de Itália escolheram para não serem incomodados pelos democratas que temos vindo a ver de que tipo são, é hoje a vergonha da Europa para não dizer do mundo. Isto em relação ao crime organizado e quase que permitido como agora com o caso da Praia da Luz se tem revelado.

          Para chegar a esta conclusão basta ter em atenção a reportagem que a TVI deu agora, no noticiário das 13h00, pois  ficarmos a par da segurança que temos e estes governantes nos garante. Aeródromos particulares sem controle aéreo, picadas com  ligação ao mar,  por onde circula a droga e tudo mais que é clandestino, são agora novidades que convêm divulgar.  Por alguma razão o Governo de Sua Majestade, não confiando demasiado no modelo policial que temos optou por mandar para Portugal polícia de sua confiança ajudar na pesquisa do paradeiro duma sua súbdita, que desapareceu em território  dum  país que já foi dos mais seguros do mundo. Tudo  para vergonha nossa, e infortúnio da Maddie e seus dilectos pais.

          A cadeia é pouco para criminosos desta natureza, mas quem os defende, ainda merecia mais... Onde quer que estejas um beijinho para ti, Madeleine MacCann! 

 

06.05.07

Senhora da Saúde

aquimetem, Falar disto e daquilo

Regresso da Procissão

             Já lá vão 437 anos que o povo de Lisboa cultua publicamente   Nª Sª da Saúde. A primeira vez foi a 20 de Abril de 1570. Então para pedir a intervenção da Virgem contra os efeitos da peste que nessa ocasião estavam a dizimar a população da cidade.

          Certamente que a intervenção divina se fez notar, pois a partir daí a primitiva capelinha de São Sebastião  no actual Lg. Martim Moniz, passou a merecer um particular carinho por parte dos lisboetas, a ponto de  em 1661 lhe mudarem o nome para: capelinha de  Nossa Senhora da  Saúde.    

          A Procissão da Senhora da Saúde que nos primeiros tempos saía da sua ermida da Mouraria, para passar pela igreja da Madalena, Sé e no regresso por  São Domingos, hoje o seu  trajecto tem sido encurtado de modo a não congestionar o transito da cidade. Mas continua com a Procissão do Corpo de Deus a ser uma das maiores manifestações de fé e religiosidade do  povo alfacinha. Este ano, e no dia de hoje, as cerimónias foram presididas por D. Januário, bispo das Forças Armadas. E como é tradição com a presença da 1ª  Dama de Portugal, neste caso a Dra. Maria Cavaco Silva.     

 Martim Moniz- fim das cerimónias

 

 

 

 

 

06.05.07

DIA da MÃE

aquimetem, Falar disto e daquilo

          Neste domingo de Maio dirijo uma prece muito especial à nossa Mãe do Céu para que por sua intercessão também neste  dia reine no coração de todas as mães da terra:  alegria, paz e amor.   

           Parabéns para todas vós.

 

 

 

02.05.07

São José Operário

aquimetem, Falar disto e daquilo

    

São José Operário     

           É verdade, este ano nem o 1º de Maio festejei a meu gosto! Associei-me à chuva que caiu em todo o País e vai de deixar as comemorações ainda mais compartimentadas em termos de  intervenientes para todos os gostos. Aqui  vale dizer que não foi para chatear..., foi somente porque estive fora de Lisboa, e na região onde passei o fim-de-semana  o Dia do Trabalhador é como o titulo indica comemorado não com música nem comícios, mas  sim, como dantes:  a trabalhar!

          Ah ! E a trabalhar com alegria e bom humor. Senão vejamos: ontem quando de manhã saí à rua dei com o Largo da Igreja ou Adro da Bajouca recheado de artefactos, como cadeiras e mesas de café, máquinas e material de construção civil e no meio desse estendal uma vaca muito pachorrenta a  alimentar-se  com uns bons fardos de palha à sua frente. Não demorou que entretanto aparecesse Zé Ratico em busca da sua  vaca que  a "malandragem" na madrugada do 1º de Maio lhe foi retirar do curral mal fechado. 

          Pelos vistos ali é tradição a gente nova aproveitar a madrugada do dia de São José Operário para pregar partidas às pessoas que deixam coisas de valor à mercê de quem as pode roubar. Daí a tradição de recomendar cautela aos menos avisados. Pedagógica brincadeira

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D