Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

Portugal, minha terra.

<div align=center><a href='http://www.counter12.com'><img src='http://www.counter12.com/img-6d7wDw0z0Zz1WyaW-26.gif' border='0' alt='free web counter'></a><script type='text/javascript' sr

26.01.07

A falta de cartilagem

aquimetem, Falar disto e daquilo

          Esta manhã estive a ler uma pequenina brochura que me veio parar à mão, onde é  feita a apologia do silício como produto natural capaz de vencer a artrose. Pelo que li a descoberta do silício orgânico deu-se em 1957, por um químico francês, que se interessou pelos silanóis " , embora já antes Pasteur tivesse  previsto a importância do silício para a saúde. De qualquer modo é portanto a Norbert Duffaut que se deve o estudo das formas de silício orgânico facilmente assimiláveis pelo homem.

          Segundo o Dr. Anton Robinson : " O silício é de facto o elemento mais abundante na Terra, a seguir ao oxigénio. O óxido de silício (Si02 ), corpo sólido de grande dureza, constitui mais de metade da crosta terrestre. Não é certo que os emplastros de argila  são utilizados desde a noite dos tempos para aliviar as dores?" - E continua :"Embora seja especializado em Pediatria, sempre me interessei pela artrose e proporcionei tratamentos e conselhos, toda a minha vida, aos meus pais, amigos e a certos doentes. Foi assim que durante muitos anos vi os meus doentes sofrer, ajudei-os a disfarçar a dor, a acalmar a inflamação, a curar a infecção...mas sem nunca poder agir sobre as causas".- Para depois  adiantar: "Um dia, uma das minhas relações  fez-me algumas perguntas sobre um tratamento novo que eu desconhecia. É óbvio! Este tratamento não era vendido por um laboratório farmacêutico conhecido, era essencialmente divulgado de boca em boca. O componente principal deste tratamento era um metalóide , comum em toda a parte".

          Características: o silício orgânico, tem a particularidade de ser facilmente assimilável pela pele, não sendo necessário ser tomado. Uma simples compressa serve para o aplicar localmente. Comercializado por  várias marcas, cada uma tem a sua fórmula que além do silício orgânico pode incluir também espécies vegetais, como: ulmária ( a rainha-dos-prados ) - uma espécie de aspirina vegetal que atenua  as dores sem os inconvenientes da aspirina;  groselha, bem conhecida pelos seus efeitos benéficos sobre a artrose (designadamente a artrose do joelho). Trata-se de um gel para aplicação sobre a pele , no local da dor. A artrose como se sabe é o nome que a Ciência Médica dá à perda de cartilagem que protege o osso nas articulações e que se constuma assentuar com a idade, provocando fortes dores.

          Esta minha abordagem sobre uma matéria em que sou um autêntico leigo só vem a lume, porque li, acerca deste tema, esta passagem : " A sua descoberta confirma  um tratamento ancestral, muito conhecido em Marrocos, que consiste , no caso do reumatismo, em fazer-se enterrar na areia  quente, até ao pescoço, durante 30 minutos, todos os dias, ao longo de 2 semanas".  E quem não sabe que temos as Termas dos Cucos, em Torres Vedras, onde o tratamento consciste em  enterrar o doente reumático em lama? Mas não foi por isso que dei importância ao assunto, mas antes pelo seguinte: aqui há uns 4 anos fui vítima duma artrose no tornozelo direito, que me deixou quase entrevado por algum tempo. Foi pelo Verão e eu tinha já as minhas férias marcadas.

          No centro de reabilitação onde fiz tratamento, avisei que durante determinado lapso, não iam contar ali comigo. Foi então que muito amavelmente, o técnico de saúde  me segredou: - na praia, tenha o cuidado de sem se expor demasiado ao sol, fazer todos os dias  um buraco e enterre bem os pés dentro dele, cobertos com areia quentinha; e depois quando regressar,  diga-me o resultado. - Dito e feito,  logo que cheguei lá fui direitinho para agradecer a medicamentação, que foi salutar. Quanto à que consta da leitura que originou este post, apenas deixo o email: silicio@netcabo.pt  que consta no panfleto.

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D