Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tradições da Bajouca

por aquimetem, em 03.05.14

  

          Ouvi há muitos anos um pregador bem humorado dizer por graça que : “Muito comer, pouco rezar e nada pecar, Deus leva a bom lugar”. Não se tratando de doutrina de igreja, nem norma a cumprir, o dito tem certa lógica e se não fosse a Gula e a  Preguiça que se fazem notar no dito, até tinha cabimento. Mas com franqueza, dias como este ultimo  27 de Abril não são para se repetir muitas vezes ao ano. Em primeiro lugar porque é preciso ter pedalada, que já começa a faltar. E em segundo, porque nem sempre há convites e oportunidades destas. Até porque a Ângela também só uma vez por ano é que, em Abril, festeja o seu nascimento. Ah! Devo dizer que a Ângela é um personagem do livro Nossa Senhora da Graça-Na Fé dos Mareantes, é só para saberem.

 

          O certo é que depois das sopas e do lanche, às 18:00h estava noutra mesa recheada, uma vez que me não neguei ao honroso convite.

  

          Pena tive de não poder emparceirar com os garfos ali presentes, mas a barriga tem medida e só lá cabe aquela conta. Um copo em dias de festa é que vai sempre desde que a cabeça permita. E não esquecer que também na véspera fez anos a Helena, uma tia materna da Ângela que também na farra faz bem o seu papel. 

          Em animado ambiente lá fomos encontrar também a consagrada escultora de pedra Adália Alberto, tia paterna da aniversariante, que conheço melhor do facebook que pelo relacionamento pessoal. Foi de facto um Domingo da Misericórdia que valeu por isso mesmo, e que começou no Sábado, dia 26 com a recepção das Boas Festas, e o que à sua volta noticiei em terrasdolis; a seguir foram as sopas, como em Ao Sabor do tempo se relatou; depois o lanche que Na retaguarda ficou registado. E para encerrar a jornada escolhemos Portugal, minha terra. São blogs a consultar.

 

          Casa e barriga cheias quando tudo apostos foi o cantar dos parabéns e retalhar do bolo com a mãe da Ângela a dar ajuda no acender das belas.

          Aqui o pai no meio da maralha para manter a ordem

          Parabéns cantados, bolo repartido deu-se a liberdade à gente nova que a festa é deles

           Há garrafas de tinto e branco, mas só para uso dos graúdos. Nem todas ficaram cheias.

           Aqui só bolos, laranjada ou água para acompanhar. A não ser que o David Alberto, tio paterno da Ângela, me engane.

          E da Vieira de Leiria, que até é da Marinha Grande, veio a D. Luzia e o Sr. Amílcar um simpático casal muito amigo dos pais da Ângela, e não só deles, acrescento eu.

          Verdade verdadinha é que a minha presença na Bajouca durante o tempo nobre das Festas Pascais deste ano foi ocupada com festanças familiares e daquelas que deixam marca, como esta do aniversário da Ângela que feito no dia 14 jamais pensei que ia vê-la em festa rija. Como não à mal que não acabe, também não à bem que sempre dure, por isso de cara alegre lá vai o ti Américo, avô paterno da Ângela, regressar aos seus aposentos. Também não demorei muito pois ainda me quis despedir do grupo que deixei na Rua 17 de Dezembro, a ver vídeos com tradições da Bajouca

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:18



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D