Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não há crise de fieis

por aquimetem, em 08.09.13

Fonte do Machado, em 7/9/13

          Conta Frei. Agostinho de Santa Maria que  "Alguns annos antes do de 1463. foy cativo em Africa hum venturoso homem, chamado Pedro Martins, que sendo natural de Carnide, termo de Lisboa", muito devoto de Nossa Senhora a Ela recorreu para se libertar do cativeiro e poder regressar à sua terra; o que sucedeu, mas com este maternal recado:  "Filho, consolate que eu te livrarei deste cativeiro, com tanto, que vendote em tua liberdade, me faças no lugar de Carnide, em que nasceste, sobre a fonte do Machado huma Ermida, conforme tuas posses, da invocaçaõ da Senhora da Luz, por ser este titulo o que mais comigo simboliza, & de que meu Filho mais se agrada, na qual ha de ser meu nome glorificado, honrado....". Foi sobre as ruínas dessa humilde ermida que a fé e a devoção mariana ergueu o famoso Santuário de Nossa Senhora da Luz; este, a comemorar os seus 550 anos. Em 1463, deu-se o início ao culto da Nossa Senhora da Luz e, no ano seguinte, começou a realizar-se a romaria no final do verão, em Setembro, no termo das colheitas agrícolas.

          No sábado, dia 7, véspera na Natividade de Nossa Senhora, e no dia em que o Papa Francisco convocou um dia de jejum e vigília de oração universal pela paz na Síria, a paroquia de São Lourenço de Carnide associou-se de forma singular e festiva ao apelo do Santo Padre, com uma procissão de velas que formou com a imagem da Senhora da Luz junto à nascente da histórica Fonte do Machado. Agradecidos  como Pedro Martins, felicitando a Mãe do Salvador, no dia do Seu aniversário natalício, peçamos a graça de à Sua semelhança, colaborarmos, generosamente, na salvação do mundo.

           A par da ermida, surge entretanto a Feira da Luz que foi das mais famosas dos subúrbios de Lisboa. "A Feira da Luz, em Carnide, Lisboa, é das poucas no País com mais de quinhentos anos de história. De 4 a 26 de Setembro, milhares de pessoas vão encontrar todo o tipo de produtos nas várias bancadas existentes, sem esquecer o cariz religioso da feira". - Lê-se no Correio da Manhã, deste domingo.

 

 Como é tradição os Bombeiros da Pontinha são quem nestas celebrações festivas afectas a Nossa Senhora da Luz gozam de privilegio especial e assim foi no Sábado quando após retirada a imagem de junto à fonte a colocaram na viatura que acompanhou a procissão.

 

 

           E já com a volta dada ao redor da feira, também muito partilhada por inúmeros feirantes, a Procissão aproxima-se do adro onde aos ombros dos Soldados da Paz entra na igreja (Santuário) da Luz. E como no inicio junto à fonte, também no fim o pároco, Frei José António, falou com entusiasmo da devoção mariana e da historia e culto da Senhora da Luz.

 

           Com uma igreja apinhada de fieis a Procissão culminou com a missa vespertina, por volta das 22:15h. Não há crise de fieis, há quando muito carência de formação doutrinal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:11



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D