Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ao Encontro da Poesia

por aquimetem, em 20.05.13

 

 

           Alfacinha de gema, o consagrado artista plástico António do Carmo é hoje uma figura destacada da pintura portuguesa, com trabalhos muito apreciados e que em selectas exposições tem vindo a ser divulgados nos mais diversos pontos do País e além fronteiras. Já na casa dos 60, o Mestre António do Carmo, nasceu no Bairro da Madragoa, em 1949, e estudou na Escola de Artes Decorativas António Arroio, onde tirou o curso de pintura. Artista apaixonado pela arte e os contrastes da cor humanizados, fez parte do Grupo de Bailados Verde Gaio de 1967 aos anos 80.

          Hoje achei por bem trazê-lo a este blog e desse modo dar eco de uma sua Exposição com o titulo "Ao Encontro da Poesia" que está patente na Galeria do Jardim do Museu Nogueira da Silva, uma unidade cultural da Universidade do Minho, em Braga, até ao próximo dia 08 de Junho. Faço-o também em memória desse grande benemérito que foi António Augusto Nogueira da Silva, o fundador da Casa da Sorte e um  exemplar empregador A entrada é livre e a mostra justifica bem uma visita.

 

          Das muitas distinções recebias, por este exímio utilizador de paleta, que faz o favor de ser meu amigo, vale  destacar: ”Portuguese 20th Century Artists, de Michael Tannok; "Dicionário dos Pintores e Escultores Portugueses", de Fernando Pamplona;"The World?s Art Directory"; "Livro de Artistas em Portugal", de Margarida Botelho; "Artist Yearbook International"; "Aspectos das Artes Plásticas em Portugal", de Fernando Infante do Carmo; "Enciclopédia Luso-Brasileira Verbo/Edição 98"; “Itália-Brasil Arte 2005", de Emanuel von Lauenstein Massarani; "Brasil Artshow", de EnockSacramento; e "Who's who of Australian Visual Artists"; assim como os prémios Especial MAC 1997, Pintura MAC 2000, Carreira MAC 2007.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D