Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fica este esboço

por aquimetem, em 17.06.12

           A Festa do Corpo de Deus, em Lisboa, decorreu com muito brilho na Quinta-feira, dia 7. Uma das solenidades mais antigas que Portugal festeja, e como religiosamente é tradição, 60 dias após a Páscoa. Festa instituída por Urbano IV,em 1269, celebra-se à Quinta-feira porque foi em Quinta-feira Santa que Jesus Cristo instituiu a Eucaristia quando na ultima ceia disse aos apóstolos: " Este é o  meu corpo....isto é o meu sangue....fazei isto em nome de mim". Desde que em Portugal começou a ser festejada, sempre a uma quinta-feira, feita dia feriado nacional, o Corpus Christi nem com os governos mais ateus que passaram na cena da governação ficou por se fazer no dia correspondente. Foi preciso vir agora um governo dito democrata, obrigar a que também as divindades paguem com dias de trabalho as asneiras dos políticos.

         Com saída da Sé, a procissão desceu à baixa e percorreu algumas das suas ruas.

          Na Rua da Prata, enquanto uma máquina apanha os dejectos dos animais, um grupo de jovens escuteiros lançam patelas de flores ao chão por onde vai passar o Corpo de Deus vivo

  

          Muitas irmandades

           Ordem dos Cavaleiros do Santo Sepulcro

 

           Ordem de Malta

 

           No meio de dois colegas, o Sr. Cónego Traquina, prior de NS da Amparo - Benfica

 

          Na primeira fila de sobrepeliz, o vigário geral do Opus Dei, em Portugal,  Mons. José Rafael Espírito Santo 

 

           Todo sorridente, em terreno seu, o Sr. Padre Vítor Gonçalves, prior de Santa Justa e Santa Rufina.

           À frente, o alentejano Sr. António Rosado com a cruz paroquial de Santa Justa (São Domingos, à Baixa)

 

           Disfarçada no meio das trajadas a rigor, a bajouquense irmã Célia Cabecinhas, distingue-se no tamanho, sobre as demais.

 

           Duas filhas da Madre Teresa de Calcutá, distinguem-se pela cor branca e as riscas azuis

 

          Na retaguarda, o pálio com o Santíssimo, confiado às mãos de D. José Policarpo, Cardeal Patriarca de Lisboa.

 

           Atrás do pálio, de regresso à Sé, além de representantes da sociedade civil e autoridades cívicas, também aqui um Arauto do Evangelho, com a crus de lis bem estampada na indumentaria,  faz a sua zelosa caminhada. Eu fiz também a minha, e oxalá  que esta  festa do Corpus Christi  se mantenha, como desde a sua origem, a ser festejada à QUINTA-FEIRA, e com dia santo a nivel nacional.

  

          Como em Lisboa, também nas demais dioceses do país, a Festa do Corpo de Deus é festejada com grade pompa e circunstância a que aderem milhares de fieis. Fica para memória e também recordar que este post surge em 2º via uma vez que a reportagem publicada  logo a seguir ao evento ( no dia 14) me desapareceu do blog, removida ou abatida---  Só ontem fui alertado. Para atenuar, fica este esboço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07


2 comentários

De mg a 19.06.2012 às 17:06

Ainda bem que já deu com esta Procissão do Corpo de Deus, e a trouxe de volta ao seu blogue !!

É impressionante como as pessoas, a passar esta crise, tanto financeira , como de "valores espirituais", ainda guardam um «tamanho» lugar para a fé! Isto é bom...
Esta procissão impunha respeito, pela multidão que levava. Haviam até, muitas estradas cortadas ao transito, presenciei eu...
Não faltaram as altas, e, excelentíssimas individualidades, e todas as irmandades, aqui bem contornadas pelo mestre conterrâneo, como é habitual...
Gostei de ver a procissão ...

De aquimetem a 20.06.2012 às 16:30

Ora aqui está no seu ambiente alfacinha, a minha conterrânea MAG , sempre na vanguarda e em defesa dos valores e coisas da nossa região de Basto, e não só! Quanto ao meu trabalho inicial que fiz , desapareceu mesmo ou foi removido.
O presente post fi-lo de novo para satisfazer a curiosidade de alguns visitantes deste local . Um muito obrigado pela sua visita ao blog, e comentário sobre aquilo que pelos vistos também viu e apreciou in loco. Bem haja

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D