Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Seja bem-vindo, Santidade!

por aquimetem, em 24.04.10

          Nós, os portugueses, somos uns privilegiados no que respeita a dispor de bens espirituais e do reconhecimento desse salutar património por parte das autoridades supremas nessa matéria. A vinda de Sua Santidade Bento XVI a Portugal nos próximos dias 11,12,13 e14 de Maio é mais uma fiel demonstração desse reconhecimento universal e do carinho com que a Santa Igreja trata a lusa gente. Assim a grade maioria dos povo português também o saiba reconhecer, agradecer e aproveitar.    

          Desloca-se, "essencialmente, como peregrino de Fátima, onde encontrará uma expressão viva de todas as igrejas de Portugal", no entanto, na condição de Chefe do Estado do Vaticano, depois de receber as Boas-vindas no Mosteiro dos Jerónimos será recebido no Palácio de Belém, pelo Sr. Presidente Cavaco Silva, às 13h30. Depois às 18h15 celebrará Missa campal no Terreiro do Paço para onde a cidade e arredores vai convergir e assim manifestar o seu respeito e carinho a um Papa que a maçonaria e os seus lacaios tenta denegrir. Mas em vão!

          Pelas 16h40, do dia 12,  Sua Santidade deixa Lisboa com destino a Fátima, onde tomará parte nas cerimónias desse noite, e no dia 13 presidirá à Euraristia, na explanada do Santuário, às 10h00. Que ninguém fique em casa pois todos os caminhos vão dar ao Altar do Mundo.   

          No dia 14, o Santo Padre segue para o Porto, onde às 10h15 celebra Missa campal, na Av. dos Aliados. Ás 14h00 Bento XVI deixa Portugal com destino a Roma. É um amigo, um pai que vem visitar a família e deixar saudades. Na "Cidade da Virgem" o povo do norte vai saber demonstrar a Sua Santidade quanto lhe é fiel e pronto a defender.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas esta visita reveste-se de maior importância se atendermos que ocorre no momento em que ainda está em curso o Ano Sacerdotal - 19 de Junho de 2009 a 19 de Junho de 2010, evento que também por proposta de Bento XVI ao anunciar a celebração dos 150 anos da morte de São João Maria Vianney, em Março de 2009, manifestou o desejo de o declarar padroeiro dos sacerdotes. Em Caminho, no ponto 70, recomenda São Josemaria Escrivà : " Insisto: esses gracejos - troças - ao Sacerdote, apesar de todas as circunstâncias que te parecem atenuantes, são sempre, pelo menos uma grosseria, uma atitude ordinária". 

          Mas vamos então a saber um pouco da vida de João Maria Vianney, "o santo Cura d'Ars" que nasceu a 08 de Maio de 1786, em Dardilly, perto de Lion, e faleceu em Ars, a 04 de Agosto de 1859. Deitando mão da recolha feita por Françoise Bouchard de frases atribuídas ao santo sacerdote com o titulo "Palavras do Cura d'Ars, padres que nos mostram o caminho do céu!", encontramos esta bela descrição: " O padre, diz Vianney, é um homem que assume o lugar de Deus..." Ordenado pelo bispo, por sua vez nomeado pelo Papa, sucessor de Pedro, pode atribuir a si as palavras de Jesus: " Ide: como o meu Pai me enviou, também Eu vos envio...Todo o poder me foi dado no céu e na terra. Ide e ensinai todas as nações".

          "Se não tivéssemos o sacramento da Ordem, não teríamos Nosso Senhor". Com efeito, "pode dizer-se que tudo vem pelo padre: sim...todas as graças e dons celestes...".  "Vede o poder do padre!Na consagração diz: "Isto é o meu Corpo"...A sua língua converte um pedaço de pão no seu Deus ". " Mesmo a  santíssima Virgem não pode fazer descer o seu divino filho sobre a hóstia".  

          "Quem pôs Jesus no sacrário? Foi o padre. Quem recebeu vossa alma ao entrardes na vida? O padre. Quem alimenta e lhe dá força para a peregrinação terrestre? O padre. "E se esta alma vem a morrer (em consequência do pecado), quem a ressuscitará, quem lhe dará a serenidade e paz ? O padre..." . " Podereis ter ao dispor duzentos anjos, que eles não vos poderão absolver. Um padre, por mais simples que seja, pode: pode dizer-vos: " Ide em paz, eu vos perdoo..." "Quem prepara a alma para comparecer diante de Deus, lavando-a pela última vez no sangue de Jesus Cristo? O padre, sempre o padre. Oh, como o padre é algo de grande!".        

          Não foi por acaso que São Pio X , em 1905, o proclamou " Padroeiro dos Padres de França", e Pio XI, em 1929, o declarou "Padroeiro dos Padres do Universo". Neste ano jubilar ainda a decorrer, ele é particularmente honrado em Ars por peregrinos vindos de todo o mundo. Vêm para seguir os seus passos, do "monumento do reencontro" ao castelo, da sua casa paroquial a " La Provindence", pelas ruas e pelos caminhos que ele tantas vezes percorreu. Muitos outros motivos  fortes devem ter influenciado nesta vinda de Bento XVI  a  Portugal, mas o de pedir e agradecer à Virgem do Rosário pelos êxitos apostólicos desejados para este Ano Sacerdotal por certo que foi assunto de peso para em Fátima depositar na patena. Seja bem-vindo, Santidade!    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:06


2 comentários

De mg a 24.04.2010 às 11:31

Seja bem-vindo, Bento XVI !
Sempre fomos distintos a receber seja quem for.
A mim, emocionou-me muito mais a visita de João Paulo II, tinha o dom de nos enlevar e cativar mesmo sem nos olhar sequer. Algo especial que estava com ele. Mas reconheço que é muito importante, a todos os níveis, sermos distinguidos com a presença de um Papa no nosso Portugal pequenino.
Acerca dos nossos Padres, e dos gracejos a respeito deles, a doutrina que eu sempre escutei por casa: "Escuta o que eu digo e não olhes para o que eu faço"! E também: "Possivelmente nós, não merecemos melhores padres"!?
E pronto, os padres terão que dar contas do mal ou do bem a Deus, como todos...
Merecido , trazer aqui São Josémaria Escrivá, o santo devoto de tanta gente e também os Pios X e Pio II, Papas também muito distinguidos e que quase nestes tempos , já pouca gente fala deles.
Este Padre João Maria Vianney Cura d`Ars de França, nunca tinha ouvido falar dele e nem dos seus feitos. Bonito...
Mais uma vez conseguiu fotos muito boas .
Já tinha dado pela falta aqui do nosso repoter; mas logo vi que andava ocupado em tão melindrosa e documentada reportagem.
Parabéns !

De aquimetem a 24.04.2010 às 13:25

Grande "MG" ! Até por aqui se vê como cuida a liderança com as coisas nobres, pondo toda a sua finura e gentileza em acção...Também os meus parabéns ! É natural, pois humanamente somos levados a simpatizar com aquilo que mais fácil nos cai no goto . João Paulo II irradiava simpatia, conquistava multidões. Bento XVI, sendo um santo como ele, conquista também mas pelo saber e capacidade intelectual com que vem servindo a Deus à Humanidade e à Igreja que o tem por Chefe e por Mestre. Em Caminho, ponto 520, aconselha São São Josemaria Escrivà : " Católico , Apostólico, Romano! - Gosto que sejas muito romano. E que tenhas desejos de fazer a tua "romaria", videre Petrum ", para ver Pedro". Para nós cristão não deve haver o melhor, nem o pior, mas simplesmente o nosso amado: Papa, Bispo e Sacerdote. Um bfs .

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D