Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




albufeira do Quando

por aquimetem, em 08.06.09

          Aqui conduzido pela cidadã alemã, D. Edelgard, administradora do Programa de Segurança Alimentar da União Europeia, em Angola, e que a Acção - Agrária Alemã (Welt, hunger,hilfe) tem vindo a desenvolver com muito êxito nas províncias de Benguela e Huambo, vamos deixar a picada ou péssimo acesso à albufeira do Kuando para depois do tal cruzeiro de que falei em post anterior  tomar, à direita, a estrada do Bié em direcção ao Huambo.

          Se os potenciais visitantes o fizerem em breve, por certo que vão ainda ver o esqueleto desta que deve ter sido também, como muitas das nossas grandes empresas portugueses anteriores ao 25 de Abril, algo a ser riscado da memória colectiva, e assim melhor deturpar a verdade histórica dos acontecimentos.

          Percurso sedutor, como alias  todos quantos nos conduzem  por  terras angolanas que vi. Mas neste só tive pena de não ter ido mais além e visitado a província do Bié, sobretudo o cidade de Silva Porto, actual Kuito.  Que quem  poder o faça por mim, e sem complexos louve  a obra que Portugal neste jovem país fez e deixou.

          Á entrada  da cidade deparemos com uma extensa fileira de blocos habitacionais semelhante a este. Testemunho evidente  do que de facto era Nova Lisboa antes do momento em que os  angolanos  determinarem - com todo o seu direito - conhecê-la apenas por Humbo.

          O mercado municipal  da chamada cidade baixa fica a seguir e recentemente restaurado merece um visita, além de ser um sinal de que o Huambo está mesmo empenhado em voltar a ser a segunda cidade mais importante de Angola. Dou-lhe a minha força!

          Continuando cidade dentro há só que atravessá-la e pensar onde jantar, pois dormida já está assegurada.  

 

          Para um bom repasto, nada como deixar as mulheres irem à frente... para escolher o prato, já que as bebidas é assunto que compete aos cavalheiros. Foi o que fiz nesse sábado, dia  21 de Março, de 2009, no fim dum passeio à albufeira do Kuando 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D