Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




rico e medroso

por aquimetem, em 11.03.09

José Eduardo dos Santos.

          Este é o homem que desde 10 de Setembro de 1979, bem ou mal, governa os angolanos. Pela recepção que teve por parte dos seus parceiros políticos, durante a visita de dois dias (10 e 11) à capital do antigo "Puto", tudo parece indicar não ser dos piores...Ou então muita graxa se deu a este Engº. que tendo estudado em Lisboa acabou por se formar na antiga URSS.

          Não fora o BE se ter negado a comparecer no semicírculo da AR para lhe dar as boas-vindas, José Eduardo dos Santos  para os restantes partidos pouco faltou  ser tido como santo de altar. De apelido já o é e no plural ! Mas como português discordo da atitude do Bloco de Esquerda que mostrou não saber ser partido de Estado e muito menos democrático. Quando se não gosta, come-se menos....

          Não tenho contra ele a menor depreciação, e até acredito que governar certas sociedades deve ser pior que ser pastor numa serra onde os lobos são mais do que as reses. Dó tenho apenas por ouvir dizer que há  miséria em Angola, quando se sabe ser um dos países mais ricos do mundo, e até se vê pela segurança com que o seu presidente se rodeia quando, como agora, viaja para fora do país. Será que também os vulgares cidadãos angolanos que lá vivem, carecem dessa protecção? Eu vou lá e quero ver!

           Antes me quero pobre que rico e medroso....   

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01


22 comentários

De Anónimo a 12.03.2009 às 12:44

...E saber receber seja quem for, é uma questão de democracia, de formação e além disso os portugueses pelo menos são famosos nisso, deviam todos saber honrar essa fama; mas podemos ter dias menos bons...
Este senhor, podia ter feito melhor; mas tem segurado as pontas, como se costuma dizer e pode ser que dê uma leve ajuda também à gente ,cá.O que é certo é que é diferente de todos os de lá.
Mas vejo que o Conterrâneo também queria, era escolta de dois "Caçazinhos"; não queria viajar incógnito, queria ir com mais "pompa"...!Pois vamos já falar com o nosso Primeiro,não esteja desiludido, está bem?

De aquimetem a 12.03.2009 às 14:22

É coisa que detesto, exibicionismo patético ! Mas compreendo a necessidade de haver segurança para todos, e em particular para quem desempenha cargos públicos em prol da sociedade. Não sei se alguns desses personagens merecem tanta despesa em prejuízo do Zé povo. Do meu lado não se safam, têm um adversário à perna, mas não candidato. Até ao meu regresso....

De Anónimo a 14.03.2009 às 01:14

Espero que não vá reclamar muito ,para lá, ou então refile baixinho, não vá ter que vir escoltado, mas é
para cá-Por lá, democracia ; mas não muita...!

De mgraça a 14.03.2009 às 01:19

...E aliás como diz no Paula Travelho," o silêncio é de ouro e as palavras são de prata".
Boa viagem e que aproveite.

De aquimetem a 21.03.2009 às 19:01

Nunca tive medo de dezer o que penso e também nunca fui impedido de o fazer, a questão está em se saber dizer....Quem diz a verdade não merece castigo. Mas é evidente que também saber calar é uma grande virtude. Ou como diz não fosse deouro o silêncio! Bem, hoje ainda tive hipóteses de vir ao escritório da minha filha, amanhã regresso ao interiordo sertão....

De Anónimo a 26.03.2009 às 18:52

Está a ver? -Enquanto está prantado aí no Sertão, já os Comandos cá de Portugal ontem de madrugada (25 ) mandaram cortar as linhas do Corgo e Tâmega, pela calada da noite, tal como aconteceu em 1992.A si mandaram dizer alguma coisa? Pois aqui a nós, também não deram cavaco e se calhar nem mesmo ao Presidente Cavaco.Ouça o que lhe estou a dizer:-Um dia destes quando acordarmos, já estamos noutro lugar qualquer do mundo, já fomos vendidos e sem aviso prévio; olhe se calhar até, aí p´ro Sertão, quem sabe?!...
Pois não venha ver como vai isto, não!...

De mgraça a 31.03.2009 às 12:05

Então, Ó da casa???....
Fique o respeitável conterrâneo sabendo, que hoje 31 de Março , logo de manhãzinha, fomos despertados com a noticia de mais um antigo ministro de Cavaco Silva, Arlindo Carvalho, enfiado no caso BPN.Vão aparecendo todos.É só mais um pulinho até se começarem a acusar uns aos outros; depois é que vai ser uma festa...´
Com esta desgraceira toda, vamos até deixando as Fisgas para trás; também, isto nem vai ficar pedra sobre pedra, quanto mais a Queda da água?

De jts a 31.03.2009 às 21:30

Pois é ...Maria da Graça, estou a gostar dos teus comentários políticos, estás a ficar mais refinada e muito mais precisa no modo de analizar as circunstâncias... estou a gostar.
Quanto ao nosso amigo COSTA PEREIRA, nesta altura deve andar a gozar o clima africano e a banhar-se nas tépidas águas do atlântico angolano.
Quanto ao encerramento - temporário - das linhas do Corgo e Tâmega, cada um só tem o que merece.
Quando o Pe. Fernando mandou retirar do adro as centenárias tílias, que dizem os calhamaços da história, sempre serviram de agasalho no verão aos rigores do calor, tocou-se o sino a rebate, o povo veio todo para a rua gritar contra o padre e as tílias foram repostas no seu lugar para alegria de todos.
Actualmente, tirando meia dúzia de assinaturas conseguidas à pressa para evitar coisas piores, nada se fez.
O povo é sereno, Maria da Graça...
O falecido Augusto Félix - que era Bombeiro Voluntário - dizia por graça muitas e muitas vezes:
"Oh Zé, não adienta, não adienta, vai ficar tudo na mesma...".
E tinha razão aquele bom homem da rua Nova.
Somos um país de brandos coscumes, porisso: "não adienta...".
Um abraço e até à festa do nosso Director.

Teixeira da Silva

De mg a 31.03.2009 às 23:35

Viva!-Isto não são bem comentários, é uma especie de diário de bordo enquanto o nosso capitão anda a viajar, além de que o blog vai sendo visitado,não fica abandonado.
Mas essa peripécia das arvores da nossa igreja, eu não conhecia, em Mondim nunca tinha havido nada disso; mas ainda bem que voltaram a colocá-las lá pois são muito lindas.
Quanto à politica o sr Augusto Félix tinha razão, vai ficando tudo na mesma´.Mas realmente está um desconsolo, vamos ver onde vamos parar.Depois cortam as linhas em vez de as concertarem, mas não desistem da estravagancia do TGV.Nós a comermos arroz de feijão com pouco mais, por causa da crise e eles, nem sabem que comida é essa , seguem sempre , á grande e á francesa.É assim ou não é?(Se não comem arroz de feijão, bem parvos são) Não sabem o que é bom!
Saudações transmontanas .

De aquimetem a 03.04.2009 às 22:06

Olá gente boa! Não vou comentar os comentadores deste post, mas apenas agradecer as vossas opiniões que tão enriquecedoras são. Por cá ando maravilhado com tanta beleza paisagiistica e como em Portugal tão mal aproveitada também, mas aqui compreende-se é um país jovem. NÓS AÍ SOMOS VELHOS E MAL GOVERNADOS.Um abraçoi e até breve.

De jts a 04.04.2009 às 08:27

Eh, grande amigo... isso é que é gozar... viva o luxo, ainda há gente com sorte...!!!
Estou a brincar...
Todos os seus amigos desta banda, lhe desejam que aproveite ao máximo a sua estada por terras africanas. Eu, desde 1 962 que não cheiro esse perfume... mas, tenho muita saudade dos tempos que passei em África.
Aguardamos a sua chegada com ansiedade e recordo-lhe, que a sua actuação para falar do rio Cabril no "CONTAR,CANTAR e PINTAR MONDIM", é no dia 02 de Maio ( Sábado) onde a sua presença é imprescindível.
Um abraço,

Teixeira da Silva.

De aquimetem a 04.04.2009 às 21:41

Mais conhhecer que gozar,mas também. Vou procurar corresponder, mas veja se convence a sua conterrãnea Mgraça, que tem sido a dinamizadora da festança. Ainda vou andar ma8is uns dias por esta africa maravilhosa. Um abraço á mondinense.

De aquimetem a 04.04.2009 às 21:43

Mais conhhecer que gozar,mas também. Vou procurar corresponder, mas veja se convence a sua conterrãnea Mgraça, que tem sido a dinamizadora da festança. Ainda vou andar mais uns dias por esta africa maravilhosa. Um abraço á mondinense.

De mgraça a 09.04.2009 às 15:12

Desejo ao Dono do blog sr.Costa Pereira, se vier espreitar lá do Sertão,e a todos que por cá passarem UMA PÁSCOA ALEGRE E CHEIA DE AMÊNDOAS-Amêndoas , serão todas aquelas coisas positivas que conseguimos realizar, e saúde.
Beijos a todos.

PÁSCOA FELIZ

PÁSCOA
é o que vem depois da Morte
que vence
e convence
os foliões da vida.

PÁSCOA
é sinónimo de vitória
que alimenta
e fomenta
o gosto de viver.

PÁSCOA
é o fruto da alegria
que dá razão de ser
ao sonho de viver
em cada dia.

Barroso da Fonte in Poesia Dispersa

De jts a 12.04.2009 às 17:21

Pela parte que me toca... muito obrigado; e sendo assim, agradeço e retribuo os cumprimentos.
Quanto ao poema do dr. Barroso da Fonte, simplesmente dizer, que é oportuno e lindo.
Oportuno, porque se enquadra neste festividade; lindo, porque é feito por quem tem sentimentos elevados.
Um abraço Maria da Graça.
Teixeira da Silva.

De aquimetem a 12.04.2009 às 23:57

Só para dizer que os vossos votos não caíram em saco roto, dai que com muito carinho aqui me têm a retribuir com muita amizade. Santa Páscoa!

De mg a 25.04.2009 às 09:45

Então os Posts lá da África?Estamos desejosos de ver as paisagens.Está visto que o calor de lá faz atrasar isto tudo!

De aquimetem a 25.04.2009 às 20:27

Quem muitos burros toca algum lhe fica para trás. Deixe nos... chegar da santa terrinha que depois as fotos saiem. Estou a treinar a voz....De forma que até me esquici que hoje era feriado, dia da liberdade, segundo dizem os ladrões. Um abraço e até breve.

De mgraça a 25.04.2009 às 23:40

Apesar da ladroagem, eu tenho esperança que isto entre nos eixos, e vá ainda florir uma verdadeira democracia.Ainda há muito portugês, com genica e com a honestidade e com sentido de justiça ,que irão fazer parar a pouca vergonha.

De Anónimo a 26.04.2009 às 00:03

Por falar de portugueses justos e honestos , amigos do próximo, queria que visse um dos livros de Nelson Vilela "O sal e as lágrimas"que está à vista no Netbila,tem uma ilustração muito interessante, o gigante Adamastor.Já viu?-claro que se deve ao administrador do jornal, homem bom, aqui está o que eu dizia .

De Joaquim Luís Barros a 11.09.2016 às 21:46

Boa noite.
Do vosso ponto de vista : Como consideram o governo angolano, democrático ou ainda continua com o antigo regime anti-colonialismo?

De Joaquim Luís Barros a 11.09.2016 às 22:00

Boa noite meu Sr.
Outros defendem e outro acusam-o de esbanjar os bens do país. Logo, eu sou a vítima dos que mal vivem no país angolano. mas nunca interessei-me criticar-o porque eu vivo do tanto faz. porque fazendo ou não nada muda. porém, venho à vós, para dar considerações no que tange o presidente angolano.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D