Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Há-de haver mais!...

por aquimetem, em 24.11.07

 

          Este magistrado que há uns dois anos foi nomeado pelo então ministro e agora presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, para Inspector-Geral da Administração Interna pôs as nossas polícias em alvoroço e em muito maus lençóis. Isto porque denúncia feita por juiz não é o mesmo que feita por um vulgar cidadão ou jornalista descomprometido...  Segundo ele, em entrevista recente que concedeu ao semanário "Expresso", Clemente Lima faz duras críticas à actuação da GNR e da PSP, como por exemplo a de que "há muita intolerância na relação das polícias com o cidadão".

          Qualquer que tenha sido a intenção do Sr. Inspector-Geral da Administração Interna, mesmo que boa, o palavreado que usou é reprovável uma vez que atinge pela negativa as instituições de segurança a quem está confiada a protecção de todos nós. A trampa do  socialismo que temos, dá nisto. Há-de haver mais!...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07


2 comentários

De Jofre Alves a 25.11.2007 às 19:18

Neste últimos 30 anos a polícia muito mudou e para melhor tanto na sua eficácia, como na relação proximal com os cidadãos e no respeito cívico. Haverá, como em todas as profissões, guardas arrogantes e outros piores, mas não são a generalidade. Boa semana.

De touaqui42 a 27.11.2007 às 22:57

Reprovável é meio termo.
No seu disse disse deixou de rastos as FORÇAS POLICIAS e ainda mais preocupádos os CIDADÕES com a tal INSEGURANÇA com que afirmou tais declarações.
Lamentável.
Mas como este Portugal está como se sabe, não se dúvida mesmo que situações como as que discriminou se passem numa de rebaldaria do deixa andar.
A começar pelo Parlamento em que DEPUTADOS vão para ali se sentarem para ler o jornal ou tratarem de assuntos que de outro modo não os podiam tratar.
É ver-se as caras de preocupádos dos parlamentares quando alguém fala numa Assembleia.
Uns leem outros ao telefone outros na conversa outros saiem para tomar café, enfim , um desleixo do da VERDADE deste PORTUGAL.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D