Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Estive na despedida....

por aquimetem, em 24.03.11

 

         

        Foi ontem a sepultar o inconfundivel radialista e jornalista desportivo Artur Agostinho que com 90 anos de vida e 72 anos de actividade profissional nos deixou. O seu funeral, após missa de corpo presente, saiu cerca das 15h00 da igreja de São João de Deus, onde desde a véspera estivera em câmara ardente, para o cemitério de Benfica.   

  

          Quer na igreja, quer no cemitério muitas foram as pessoas que se foram despedir deste notável comunicador e homem da Rádio, TV, Teatro,  Cinema e Jornalismo desportivo. Aqui alguns dos seus amigos e admiradores mais íntimos esperam perto da cova a chegada do carro fúnebre. 

          Momento em que a urna é retirada do carro, podendo distinguir-se entre a multidão alguns dos familiares, como a esposa, D.Maria Teresa, de luto e óculos escuros, atrás do sacerdote, de branco, que encomendou para Deus a alma do extinto e benzeu a sepultura.    

          Aqui a multidão anonima muito atenta e pesarosa já no momento em que a urna  desce à campa, com as orações de encomendação muito participadas. Um facto a registar  pois não é habitual nos funerais alfacinhas....  

          Aqui também uma figura bem conhecida da comunicação social que era das relações e  amizades de Artur Agostinho, circunstância que pode servir de modelo para todos aqueles adeptos de clubes ou partidos que não sabem distinguir, nem respeitar as opções de cada um. O António Sala, um ferrenho Benfiquista, mantinha com o Artur Agostinho, um Sportnguista de primeira, uma fraternal admiração e amizade, por isso se ouviram ali vivas ao Sporting e também ao Benfica, e eu que sou Dragão também estive na despedida...    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51


Artur Agostinho

por aquimetem, em 22.03.11

          Portugal ficou hoje mais pobre, com o desaparecimento físico de um dos seus mais brilhantes comunicadores sociais que na Rádio, Cinema, Teatro, TV e Jornalismo desportivo se notabilizou: Artur Agostinho! Natural de Lisboa, onde nasceu a 25 de Dezembro de 1920, este distinto homem da comunicação social é um exemplo para quem na vida quer progredir por mérito próprio e dedicação ao trabalho profissional. Com setenta anos de actividade muito variada nestas andanças da comunicação, do seu curriculum muito vasto sobressaiem a sua actividade  jornalística em várias  rádios, desde a Emissora Nacional de Radiodifusão, a Antena 1, a Rádio Renascença e o Rádio Clube Português, tendo sido também fundador da RTP.  

          De seu nome completo Artur Fernandes Agostinho, o saudoso radialista e locutor futebolístico inconfundível, embora natural de Lisboa herdou por parte da mãe, que era minhota, a fibra da gente nortenha que por regra ama e respeita as suas origens. Ainda conheci em meados da década de 60, um seu tio materno que viveu em Belém, e que me falava do sobrinho, muito ocupado e sempre sem tempo para receber visitas. Opinião idêntica ouvi da boca do meu saudoso amigo Dr. José Avelino Marques que com ele trabalhou na rádio e numa empresa de publicidade. Referências que se vão perdendo.

          Para evitar os efeitos provocados pela onda de excessos que nos primeiros dias após o  25 de Abril se verificaram em Portugal, com perseguições, calunias e atentados à integridade física de pessoas Artur Agostinho foi forçado a deixar o país rumo ao Brasil, onde durante dois anos trabalhou para a Globo. Regressado do curto cativeiro a que se tinha sujeitado voluntariamente, foi na Rádio Renascença que começou a sua reabilitação, ao lado de outro também consagrado jornalista desportivo, que é Ribeiro Cristóvão. A titulo de curiosidade recordo que foi precisamente na secretaria dos Amigos da Rádio Renascença, onde também hoje cerca das 11h00 tive conhecimento deste infausto desenlace, quando ali me encontrava a pagar a cota de associado   

        Com 90 anos feitos no passado dia de Natal, só por isso não recebeu nesse dia, das mãos do senhor Presidente da Republica, a Comenda da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada o que sucedeu três dias depois, a 28 de Dezembro de 2010. Merecida condecoração em peito de "leão", com alma lusitana e fiel aos seus ideais, que por isso também Deus o tenha nos seus eleitos. O saudoso comunicador faleceu no Hospital de Santa Maria, vitima de uma paragem cardíaca, e o seu funeral realiza-se amanhã, com missa de corpo presente às 14h15, da igreja de São João de Deus, na Praça de Londres (Lisboa) para o cemitério de Benfica. Deixa obra e deixa rasto.   

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:31


Primavera dos tachos....

por aquimetem, em 21.03.11

          A Primavera que no Hemisfério Norte tem inicio a 21 de Março é das quatro estações do Ano aquela que mais se identifica com o projecto do Criador, dado lhe andar associado o reflorescimento da flora e da fauna terrestres. Os campos transformam-se em jardins e as árvores florescem para dali surgir os frutos que vão produzir. A pare com o ser humano, a fauna desfruta deste espectáculo divinal que só ao homem é permitido contemplar. Que o saiba fazer e que também o ciclo da vida se mantenha, mas em matéria de governantes da nossa praça urge haver renovação a curto prazo.   

         Que tudo refloresça como é normal,mas por amor de Deus sem Sócrates no (des)governo. Arranjem lá um governo forte, talvez uma coligação alargada, que o PSD defende, pois é tempo de pôr fim à primavera dos tachos e dos tachistas deste país.     

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:18


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D