Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Férias/07

por aquimetem, em 12.09.07

          E porque nem só de passeio vive o homem, no dia 8 foi a despedida com um almoço em Mondim e o regresso, então ainda em gozo férias, até terras de Leiria, donde havia partido na tarde de Sábado,  4 de Agosto, a convite de um casal de conterrâneos amigo que amavelmente me recebeu e acompanhou sempre nesta mais recente peregrinação de saudade por terras de entre Tâmega e Douro.

 

Mondim - algures na recta da Pena

Bajouca (Leiria) - Festas de Santo Aleixo

          Nesse primeiro dia ainda pude assistir em Vilar ao Festival de Folclore que ali decorreu e descer a Mondim para apreciar a V FEIRA da TERRA, deveras participada e concorrida, e onde casualmente me encontrei com os meus prezados amigos e conterrâneos Ginho, Prof. Macedo e Figueira, pois que  nessa noite não havia sono.

           No Domingo, dia 5, fiquei pela aldeia de Vilarinho que festejava Nossa Senhora de Fátima.

Rancho Folclórico de Vilar de Ferreiros

          Ao longo de todo este peregrinar vi algum desenvolvimento - que não é o mesmo que progresso - , mas como Miguel Torga, em Contos da Montanha, um dia registou, também eu encontrei agora a mesma ou mais ignorância onde já não devia existir. A seu tempo direi onde...

          Para compensar o menos bom, valeu a subida ao alto do Monte Farinha, logo no dia 6, e o almoço bem servido no restaurante local, a que se seguiu o  passeio com que iniciei esta descrição de Férias/07, ao longo do percurso: Senhora da Graça, Vale da Sanfona, Pedra Alta, Mondim, Paradança, Fisgas de Ermelo, São José do Fojo, Covas, Vila Chã, Bilhó e Vilarinho   

Exterior do Restaurante do Monte Farinha, e as obras....

No restaurante do Monte Farinha

Estradão que pelo Vale da Sanfona contorna

o Monte Meão até à Pedra Alta

Vista do Monte Farinha sobre Vilar de Ferreiros , e lá ao

longe a serrania maronesa do Ermelo

O antigo caminho que do lado de Atei pela Pedra Alta

conduz à  Sª da Graça.

A vila de Mondim de Basto

Vista do Monte Farinha colhida de Vila Chã

Vista do Bilhó colhida da

"Casa do Guarda" de Vilarinho

Vilarinho - Festa de NS de Fátima.

          Em sintese fica  o resultado de mais uma deslocação minha a terras de Santa Senhorinha de Basto, que não fui visitar à sua igreja vizinha do Arco de Baulhe, nem em Celorico os meus amigos afectos à comunicação social. Que me desculpem, o tempo não deu para mais. Fica para a próxima, se Deus deixar.

Ver post anterior

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:08


Férias/07

por aquimetem, em 11.09.07

         No dia seguinte, 7 de Agosto, fui de Vilar de Ferreiros até ao Pinhão (Alijó) para almoçar no "Cais da Foz" que fica situado em Gouvães do Douro (Sabrosa) e dar um passeio em  barco de recreio na barragem de Bagauste. Passeio maravilhoso!

          No regresso parei em São Martinho de Anta, em sinal de homenagem ao médico Dr. Adolfo Correia da  Rocha, filho insigne da terra e que este ano e nesse preciso mês ( no dia 12) se fosse vivo completaria 100 anos de vida.Pena tive de não dispor de tempo para no cemitério local fazer uma visita à campa onde repousam as cinzas deste notável homem de letras, conhecido mundialmente por Miguel Torga, mas fi-lo em espírito. Estava com pressa de chegar ao Bobal, onde tinha encontro marcado, ao fim da tarde, com o Sr. Padre Correia Guedes pároco de Vilar de Ferreiros e Bilhó e o qual no próximo dia 21 celebra as suas Bodas de Ouro sacerdotais, foi ordenado sacerdote em 21 de Setembro de 1957. Uma vida ao serviço de Deus e dos homens!

          Outras visitas nesse dia ficaram no pau da roupa: a "Casa do  Alemão", A Voz de Trás-os-Montes e vários amigos, entre os quais no "13" de Vila Real os sargentos-ajudantes Silva e Moura; em Lamas de Olo, a "Palhota" que da parte de manhã estava encerrada nesse dia e lá se me foi a tradicional chouricinha assada e o caneco da ordem de um pequeno  almoço tomado na serra que eu teimo em continuar a chamar de Marão em vez de Alvão que nunca foi ali. mas sim nas proximidades de Vila Pouca de Aguiar. Fica o desabafo...

continua

Ver post anterior   

igreja paroquial de São Pedro de Vilar de Ferreiros

Pinhão (Rio Douro)

 

Miguel Torga        

          

Lamas de Olo - a Palhota

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


Férias/07

por aquimetem, em 11.09.07

Capela de São João Baptista de Covas

Fisgas de Ermelo 

 

São José do Fojo

A futura capela nova de Santo  António de Vila Chã

          Mais uma vez andei demoradamente por terras do centro e norte de Portugal, do que vi e admirei vou tentar descrever assim:  há muitos anos que não visitava Covas, aquela pinturesca aldeia que, encovada no sopé dos montes da Nabiça e Toutuça, o rio Cabrão atravessa.

          Ido das Fisgas de Ermelo desci até lá, na tarde do passado dia 6 de Agosto, por um estreito mas bem cuidado estradão que do Fojo liga as Covas com Vila Chã, esta uma aldeia em franco desenvolvimento que também há muito tempo não visitava.

          São duas povoações afectas à freguesia de Vilar de Ferreiros pelas quais tenho particular carinho pese ser das que menos visito. Por ambas me bati na década de 60 para que ali fosse criada uma escola primária, o que acabou por acontecer e assim os jovens em idade escolar não serem forçados a deslocarem-se diariamente a pé para Vilar ou Bilhó.

          Naquela altura justificava-se a luta pois havia juventude e além disso o principal objectivo era evitar que as crianças nascidas em locais onde o progresso mais demorava a chegar não ficassem por isso sujeitas às amarras do analfabetismo então reinante. Havia à data alunos para encher uma sala de aulas, hoje não sei quantos são e nem tão pouco se ainda  existe escola, mas a avaliar por Covas que tem apenas só um aluno é ponto assente que demograficamente as nossas aldeias, ou melhor dito os seus habitantes, perderam a tradicional virilidade...

continua     

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:56


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D