Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia de São João Bosco, e do mágico...

por aquimetem, em 31.01.07

       Ora aqui temos nós um tema que posso considerar ser da minha área de saber: ilusionismo. É verdade! Cedo me apaixonei pela "Arte de Robert Houdin", mas só nos inícios de 1960 é que o meu nome começa ser conhecido em diversas plateias e ambientes associados a tão encantadora arte. Também há muito que deixei de praticar e portanto de acompanhar os avanços da técnica que um Luís de Matos e um Lacerda Machado Júnior têm sabido aproveitar. Mas não pensem os leitores deste post que vou ensinar magia ! Não, o que vou fazer é prestar aqui uma singela homenagem ao patrono de todos os  ilusionistas: São João Bosco.

          Nasceu em Piemonte - Itália, a 15 de Agosto de 1815. A vida e obra deste apóstolo da juventude está mais que divulgada e patenteada em óbices como:educador emérito; escritor com dezenas de obras; artista circense, mas sobretudo o sacerdote de Bechi, aquele que foi o fundador das escolas-oficinas destinadas a rapazes desamparados, os "Birichinis" ; das colónias anuais de férias para os mesmos; das Confrarias salesianas; das Irmandades das Filhas de Maria do Perpétuo Auxilio, destinadas a ser para as meninas o mesmo que os salasianos para os rapazes.

          Deste Gigante da Bondade que os ilusionistas em Congresso Mundial elegeram seu patrono, deixo esta história que se conta  dele: Qundo aida seminarista, tornou-se notável pela execução dos truques  de magia. O arcipreste do colégio, sabendo que o vulgo o considerava "feiticeiro", mandou-o chamar à sua presença, e disse-lhe: Muita gente afirma que és bruxo; que engoles toda a classe de objectos, que depois devolves de novo sem o menor esforço; que restituis a vida a animais, depois de mortos, que com cartas, moedas, bolas e ovos de galinha, fazes "peloticas" que todos consideram  "artes do  diabo". João Bosco escutou com atenção e respeito as observações do arcipreste; e quando ele se calou , fez-lhe entrega da sua bolsa, do relógio, e de outras pequenas coisas que lhe havia escamoteado durante o interrogatório, sem que ele desse por isso. O arcipreste riu-se da brincadeira, e compreendeu que toda a falada bruxaria atribuída ao João Bosco, não passava de uma extraordinária habilidade de ligeireza de mãos - prestidigitação pura!  

          O padre João Bosco faleceu no dia 31 de Janeiro de 1888,  e foi proclamado Santo por Pio XI, em 1 de Abril de 19 34. Festejado canonicamente pela Igreja a 31 de Janeiro, também neste dia os ilusionistas se reunem para das mais diversas formas honrar o seu patrono. E mais não digo porque  as grandes figuras da humanidade dispensam palabriado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:53


A falta de cartilagem

por aquimetem, em 26.01.07

          Esta manhã estive a ler uma pequenina brochura que me veio parar à mão, onde é  feita a apologia do silício como produto natural capaz de vencer a artrose. Pelo que li a descoberta do silício orgânico deu-se em 1957, por um químico francês, que se interessou pelos silanóis " , embora já antes Pasteur tivesse  previsto a importância do silício para a saúde. De qualquer modo é portanto a Norbert Duffaut que se deve o estudo das formas de silício orgânico facilmente assimiláveis pelo homem.

          Segundo o Dr. Anton Robinson : " O silício é de facto o elemento mais abundante na Terra, a seguir ao oxigénio. O óxido de silício (Si02 ), corpo sólido de grande dureza, constitui mais de metade da crosta terrestre. Não é certo que os emplastros de argila  são utilizados desde a noite dos tempos para aliviar as dores?" - E continua :"Embora seja especializado em Pediatria, sempre me interessei pela artrose e proporcionei tratamentos e conselhos, toda a minha vida, aos meus pais, amigos e a certos doentes. Foi assim que durante muitos anos vi os meus doentes sofrer, ajudei-os a disfarçar a dor, a acalmar a inflamação, a curar a infecção...mas sem nunca poder agir sobre as causas".- Para depois  adiantar: "Um dia, uma das minhas relações  fez-me algumas perguntas sobre um tratamento novo que eu desconhecia. É óbvio! Este tratamento não era vendido por um laboratório farmacêutico conhecido, era essencialmente divulgado de boca em boca. O componente principal deste tratamento era um metalóide , comum em toda a parte".

          Características: o silício orgânico, tem a particularidade de ser facilmente assimilável pela pele, não sendo necessário ser tomado. Uma simples compressa serve para o aplicar localmente. Comercializado por  várias marcas, cada uma tem a sua fórmula que além do silício orgânico pode incluir também espécies vegetais, como: ulmária ( a rainha-dos-prados ) - uma espécie de aspirina vegetal que atenua  as dores sem os inconvenientes da aspirina;  groselha, bem conhecida pelos seus efeitos benéficos sobre a artrose (designadamente a artrose do joelho). Trata-se de um gel para aplicação sobre a pele , no local da dor. A artrose como se sabe é o nome que a Ciência Médica dá à perda de cartilagem que protege o osso nas articulações e que se constuma assentuar com a idade, provocando fortes dores.

          Esta minha abordagem sobre uma matéria em que sou um autêntico leigo só vem a lume, porque li, acerca deste tema, esta passagem : " A sua descoberta confirma  um tratamento ancestral, muito conhecido em Marrocos, que consiste , no caso do reumatismo, em fazer-se enterrar na areia  quente, até ao pescoço, durante 30 minutos, todos os dias, ao longo de 2 semanas".  E quem não sabe que temos as Termas dos Cucos, em Torres Vedras, onde o tratamento consciste em  enterrar o doente reumático em lama? Mas não foi por isso que dei importância ao assunto, mas antes pelo seguinte: aqui há uns 4 anos fui vítima duma artrose no tornozelo direito, que me deixou quase entrevado por algum tempo. Foi pelo Verão e eu tinha já as minhas férias marcadas.

          No centro de reabilitação onde fiz tratamento, avisei que durante determinado lapso, não iam contar ali comigo. Foi então que muito amavelmente, o técnico de saúde  me segredou: - na praia, tenha o cuidado de sem se expor demasiado ao sol, fazer todos os dias  um buraco e enterre bem os pés dentro dele, cobertos com areia quentinha; e depois quando regressar,  diga-me o resultado. - Dito e feito,  logo que cheguei lá fui direitinho para agradecer a medicamentação, que foi salutar. Quanto à que consta da leitura que originou este post, apenas deixo o email: silicio@netcabo.pt  que consta no panfleto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:14


Até quando?

por aquimetem, em 19.01.07

          Pelos vistos o Dr. Paulo Portas, que não tem papas na língua, e  quando é necessário desmascarar as jogadas sujas dos políticos que temos, não costuma  fazê-lo por linhas  travessas, foi-se à Maria José Morgado e não lhe perdoou que como  adjunta do Procurador-Geral da Republica, se disponibilizasse para participar numa palestra-campanha,  promovida pelo Partido Socialista, a favor da despenalização do aborto.

          De facto é descaramento a mais, por parte duma senhora magistrada, vir a público defender a pena de morte para as  inocentes criancinhas com direito natural e  jurídico a nascer e  a viver. Que confiança nos pode merecer essa tal juíza do "apito dourado"  perante esta descarada atitude? Que se poderá esperar dum juiz para quem a vida do ser humano tem um valor relativo? Bem se vê que para certos lugares, as pessoas são mesmo escolhidas a dedo... E contra isto, batatas, canta quem está no poleiro. Até quando ?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06


direitos da mulher!!!

por aquimetem, em 18.01.07

          Acabei há pouco de almoçar, e entretanto liguei a TV para ver o notíciário , dando logo de caras com uma reportagem que devia causar revolta em todos nós portugueses, sobre aquele pobre alentejano que recentemente depois de  sofrer um grave acidente rodoviário na povoação de Fataca - Odemira,  demorou 7 horas para chegar a Lisboa, onde passados 3 dias, morreu no HSM . Não há dinheiro para médicos, ambulâncias e helicópteros, mas há para propaganda a favor do aborto. Claro que se assim não fosse também muitos dos médicos que estão a favor de "sim" à morte dos inocentes, não se dispunham a dar a cara, como o barbas P. da Costa e outros desenvergonhados como ele. 

          Desta morte em Fataca, e da morte daqueles 6 pescadores de Vila do Conde, nas proximidades da Nazaré - estes  também por falta de meios de socorro atempado -  é que não se vê caras sonantes a fazer campanhas contra este estado de coisas. Mas a melhor vem agora do ms: decidiu e com razão não abrir nenhum inquérito ao caso de Fataca, pois se o hospital mais perto de Odemira é Beja e fica a 100 km. dali, quem adoece em Odemira ou Barrancos é para morrer na terra e não pesar ao Estado com  despesas de saúde. Viva o socialismo e quem nele confia. Áh grandes defensores dos direitos da mulher, e dos portugueses !!! Mas muitas e muitos ainda  alinham.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:25


Padre Minhava

por aquimetem, em 15.01.07

          Fez há pouco mais de 2 horas, 88 anos que nasceu, no lugar da Misericórdia, freguesia de Ermelo, o mais notável mondinense de sempre e que Vila Real acolhe como dilecto filho adoptivo, desde 1931: Monsenhor Ângelo do Carmo Minhava .

         Ordenado sacerdote, a 19 de Dezembro de 1942, tinha à data 23 anos, o então Padre Minhava, cujos dotes artísticos e culturais se tinham já revelado fora do comum, foi convidado, pelo saudoso bispo D. António Valente da Fonseca, para  leccionar no Seminário: Latim, Literatura, Francês e Música.

          Poliglota de renome, os seus artigos de Critica  Literária e Musical, em revistas e jornais, são numerosos; o mesmo acontecendo em relação a trabalhos sobre Linguística e Filologia.

          Como musicólogo, dirigiu o Orfeão do Seminário, do Liceu, da Escola Técnica, da Cidade de Vila Real e do Instituto Politécnico. Musicou letras de muitos poetas e poetisas de todo o País, incluindo Madeira e Açores. 

         Na condição de autodidacta, dedicou-se ao estudo da Língua Alemã e Russa, tendo  chegado a traduzir algumas obras.

          Como escritor, merece realce: em poesia, a " Cabrilada ", poema herói-cómico-lírico , muito louvado por Teixeira de Pascoais; em teatro: a " Bengala Milagreira" , "A Feira dos Pucarinhos" e  "Recitativos" (alguns em francês e e em castelhano); na Linguística: " Venha  comigo à Lua" e "Aleo Aleo - quem adivinha?" ; na Cultura Religiosa e Histórica, destaque para "Veja se Sabe" ( diálogos com um estudante, sobre Cristianismo e Materialismo) e "Pequena Monografia (ilustrada) da Cidade de Vila Real", e além de outras mais, muitos  artigos dispersos.  Autor da Música de várias Marchas, realço: a de Vila Real, a de Mondim de Basto, Mesão Frio, Cerva  e Santa Marta de Penaguião. 

           Conheci o Padre Minhava em 1951, num dia em que ele apressadamente circulava pela Rua Isabel de Carvalho e eu que já o sabia natural de Ermelo e familiar duma senhora que de vez em quando ia a Vilar de Fereiros tocar o harmónio da igreja, fiquei pasmado a  vê-lo passar!  Ao tempo também um seu tio e padrinho com o mesmo titulo honorífico que só muito mais tarde, o nosso aniversariante de hoje viria a receber, gozava de renome  na cidade :era  o velho Monsenhor Minhava.  Deste, me contou, certo dia, o saudoso padre Manuel António Morias Miranda, que foi seu condíciplo em Braga, o seguinte episódio cómico: "O meu colega Minhava tem um sobrinho com o mesmo nome dele, e ao que se consta  é um mestre em Música, coisa para que o tio nunca teve jeito nenhum. Aqui há pouco tempo, um colega que estudou connosco, mas que ficou na diocese de Braga por a ela pertencer, ao ver um padre Ângelo Minhava publicitado na Imprensa como grande musicólogo, não se conteve e vai de felicitar o nosso comum amigo, monsenhor Minhava, tanto mais que nunca lhe tinha notados essas excelentes qualidades.  Sem se desmanchar, depois de ler a carta, o  Padre Minhava, quando assim o entendeu, chegou-se com a ela ao pé do sobrinho, e disse: guarda e lê que é para ti ".  

           Como não posso dar um abraço físico de parabéns a tão ilustre aniversariante, deixo-lhe  aqui este arrazoado, aliado ao evento, como preito de admiração, respeito e amizade. Por muitos anos mais, Monsenhor Ângelo do Carmo Minhava ! Sr. Padre Minhava, como gosta, de ser tratado.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:07


....ao desafio da vida !

por aquimetem, em 12.01.07

          Depois de fazer uma ronda pelos blogs que já me habituei a visitar com certa regularidade, ia ficando sem tempo para blogar no meu. Ora vamos então, arranjar assunto. O aborto está na ordem do dia, e ao que parece a maioria dos eleitores está mesmo disposta a dar a vitória do "sim" aos governantes que temos.

          Eu que por ser católico posso ser suspeito ao dizer que vou votar "não"  à morte dos inocentes, vou antes do Destak, desta manhã, transcrever o que acerca da vida humana diz  o leitor Joaquim Vitorino:  < De acordo com o "carma"  de cada espírito, a espiritualidade superior  começa a preparação da próxima encarnação de um espírito num novo ser , muito antes  do incio da gravidez, escolhendo toda a sua vida  futura, pois será essa que, de acordo com as suas necessidades  evolutivas, lhe proporcionará  as expiações  e provas adequadas que, uma vez superada, lhe permitirão resgatar dívidas passadas  e chegar  ao seu  fim com uma evolução acumulada  para a continuação na reencarnação seguinte. Pelo exposto o aborto será, mesmo na 1ª semana  de gravidez, todo o desmoronar do que já é um imenso projecto de vida  e evolução, tanto para o novo ser, como para todos aqueles que com ele iriam interagir (.....) > - Este testumunho se bem analizarem não vem de nunhum cristão praticante, mas de alguem que apenas defende e dá  valor ao mistério da vida.

          Os portugueses e as portuguesas deste país  em crise de valores, ainda está a tempo de dizer "sim" à vida e "não" à morte, mas se por infelicidade dos inocentes o " não" falhou é caso para depois recordar o que também um leitor do Metro, desta 6ª-feira,  muito bem comentava: < Os apoiantes do "não" no próximo referendo, falharam ao não publicitarem o trabalho que têm feito com as mães grávidas em dificuldade e após  o parto. (...).  O "não falhou  ao não informar que, em escassos dez anos, desapareceu da União Europeia o equivalente à população de Portugal, devido ao aborto assumidamente  legal. Mas o "não" não falhou numa coisa : respondeu com amor ao desafio da vida ! >  - Vamos aguardar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15


Ladrões e Assassinos.

por aquimetem, em 10.01.07

          Soube agora, mas ainda não sei contar a história tim por tim, tim.  A Bajouca, aquela pacata freguesia que me tem por filho adoptivo, foi esta manhã, por volta das 12h00,  palco de mais uma daquelas cenas habituais que por esse país fora começaram a proliferar depois do 25 de Abril ter facultado a vida aos especialistas em assaltos à mão armada!  É verdade, numa terra onde crimes desta natureza quase só se conheciam pela tv, acaba agora de ser palco do assassinato de um respeitado comerciante que ali estava há muitos anos  estabelecido no ramo de ourivesaria  e  que bandidos, desconhecidos na terra, para roubar lhe sacaram a vida.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06


São Josemaría, nasceu há 105 anos.

por aquimetem, em 09.01.07

          Em 1902, nascia neste dia, 9 de Janeiro, em Barbastro (Espanha), uma criança do sexo masculino a quem é posto o nome completo de Josemaría Escrivá de Balaguer y Albás. Figura que 23 anos depois é ordenado sacerdote em Saragoça e  passados 3  funda o Opus Dei, em Madrid, tinha então 26 anos, a graça de Deus e  bom - humor. E que mais, se se fizer pela vida, é necessário para ser feliz?

          Faleceu em Roma, como fama de santidade, a 26 de Junho de  1975, tendo o seu corpo recolhido à cripta da igreja prelatícia de Santa Maria da Paz, Rua Bruno Buozzi, 75, Roma, onde repousa. 

          Foi beatificado a 17 de Maio de 1992, e canonizado em 6 de Outubro de 2002,  por João Paulo II. São dele estas palavras: " Onde estiverem as vossas aspirações , o vosso trabalho, os vossos amores, é aí que está o sítio do vosso encontro quotidiano com Cristo. É no meio das coisas mais materiais da terra que devemos santificar-nos, servindo Deus e todos os homens.

          Na linha  do horizonte , meus filhos, parecem unir-se  o céu e a terra. Mas não; onde  se juntam deveras é nos vossos corações, quando viveis santamente a vossa vida de cada dia..." - É festejado canonicamente a 26 de Junho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:40


Como se gasta a matar.

por aquimetem, em 06.01.07

          Em atenção a dois visitantes deste blog, que me pediram para o fazer, vou transcrever na integra o que acerca do aborto, vem publicado na edição do Metro do passado dia 4. Ora aí vai:

           <Referendo vai custar dez milhões de euros/ Tempos de antena sobre o aborto valem 40 por cento do orçamento eleitoral

           O Referendo à depenalização da interrupção voluntáriia da gravidez , a realizar no próximo dia 11 de Fevereiro, vai custar cerca de dez milhões de euros , revelou ontem Jorge Miguéis, director do secretariado Técnico dos Assuntos Para o Processo Eleitoral (STAPE).

          "Este é um valor indicativo  e é normal num acto eleitoral deste tipo. Se pudermos gastar menos, gastamos", disse o mesmo responsável à agência Lusa.

          Quatro milhões de euros deverão ser gastos no pagamento aos membros das mesas de voto e outro tanto será destinado a suprir as despesas com os vários  tempos de antenas dos movimentos cívicos e dos partidos políticos, a favor ou contra, que vão participar no referendo, acrescentou ainda Jorge Miguéis.

Pagamento aos cidadões

          A fatia de orçamento destinada aos cidadãos que compõem as mesas de voto é significcativa  e justifica-se pelas dificuldades crescentes do STAPE em encontrar o número suficiente de pessoas para todas  as assembleias de voto.

          De acordo com a Lei Orgânica do Regime do Referendo  -  e depois dos muitos problemas na  constituição  de mesas nas consultas realizadas em 1998  (versaram o aborto e a regionalização)  -  cada membro destes organismos, que funcionam apenas no dia do escrutínio, tem direito a receber do Estado 71,65 euros.

          O STAPE prevê igualmente que os restantes dois milhões de euros serão gastos noutro tipo de despesas, como por exemplo a impressão dos boletins de voto.

           Convocada pelo Presidente da Republica, Cavaco Silva, no passado dia 29 de Novembro, a segunda consulta sobre a despenalização do aborto tem campanha eleitoral marcada entre os dias 30 de Janeiro e 9 de Fevereiro. Metro.> - Neste lapso vamos ter ocasião de ver também quem é a favor ou contra no processo Casa Pia...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52


Uma entrada...com cheiro a folclore

por aquimetem, em 05.01.07

          Se a passagem do Ano Novo foi na A.BA.D , o dia 1º de Janeiro aproveitei-o para gozar em família e em sociedade, na Bajouca Centro. Deitei-me às 03h30 do dia 1º de Janeiro, para me levantar às 09h20, já que o Sr. P. Abel marcou a Missa desse dia festivo para as 10h00,  e logo  faltar ao preceito no inicio do ano não é de cristão. Sim, porque sou dos baptizados que  evitam não fazer parte daqueles  que se dizem cristãos não praticantes, dos nem sim, nem sopas. Veio a hora de almoço e depois o cafezinho no Sousa, com familiares e amigos, que graças a Deus muitos são ali.

           Cerca das 16h00 fui até ao Salão Paroquial para assistir a uma tarde de folclore, promovida pelo Grupo Alegre e Unido (GAU), em que intervieram o Ranho da respectiva colectividade bajouquense e como seu convidado  o Grupo de Folclore do Melriçal - Soure. O Grupo de Folclore do Melriçal foi fundado em 1975, e com os seus trajes, as danças, as cantigas e as músicas,  este grupo pretende proteger o património cultural de um concelho que situado na bacia  hidrográfica do Mondego e banhado por um seu afluente da margem esquerda  - o Arunca - que ali recebe as águas do Anço e do Ourão, torna a vila de Soure numa das mais belas e singulares parcelas regionais do distrito de Coimbra, onde medram os olivais, a vinha e os arrozais.  

          Não é das terras que conheço melhor, por isso este seu grupo me despertou e mereceu mais atenção

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:45

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D