Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dia de São João Bosco, e do mágico...

por aquimetem, em 31.01.07

       Ora aqui temos nós um tema que posso considerar ser da minha área de saber: ilusionismo. É verdade! Cedo me apaixonei pela "Arte de Robert Houdin", mas só nos inícios de 1960 é que o meu nome começa ser conhecido em diversas plateias e ambientes associados a tão encantadora arte. Também há muito que deixei de praticar e portanto de acompanhar os avanços da técnica que um Luís de Matos e um Lacerda Machado Júnior têm sabido aproveitar. Mas não pensem os leitores deste post que vou ensinar magia ! Não, o que vou fazer é prestar aqui uma singela homenagem ao patrono de todos os  ilusionistas: São João Bosco.

          Nasceu em Piemonte - Itália, a 15 de Agosto de 1815. A vida e obra deste apóstolo da juventude está mais que divulgada e patenteada em óbices como:educador emérito; escritor com dezenas de obras; artista circense, mas sobretudo o sacerdote de Bechi, aquele que foi o fundador das escolas-oficinas destinadas a rapazes desamparados, os "Birichinis" ; das colónias anuais de férias para os mesmos; das Confrarias salesianas; das Irmandades das Filhas de Maria do Perpétuo Auxilio, destinadas a ser para as meninas o mesmo que os salasianos para os rapazes.

          Deste Gigante da Bondade que os ilusionistas em Congresso Mundial elegeram seu patrono, deixo esta história que se conta  dele: Qundo aida seminarista, tornou-se notável pela execução dos truques  de magia. O arcipreste do colégio, sabendo que o vulgo o considerava "feiticeiro", mandou-o chamar à sua presença, e disse-lhe: Muita gente afirma que és bruxo; que engoles toda a classe de objectos, que depois devolves de novo sem o menor esforço; que restituis a vida a animais, depois de mortos, que com cartas, moedas, bolas e ovos de galinha, fazes "peloticas" que todos consideram  "artes do  diabo". João Bosco escutou com atenção e respeito as observações do arcipreste; e quando ele se calou , fez-lhe entrega da sua bolsa, do relógio, e de outras pequenas coisas que lhe havia escamoteado durante o interrogatório, sem que ele desse por isso. O arcipreste riu-se da brincadeira, e compreendeu que toda a falada bruxaria atribuída ao João Bosco, não passava de uma extraordinária habilidade de ligeireza de mãos - prestidigitação pura!  

          O padre João Bosco faleceu no dia 31 de Janeiro de 1888,  e foi proclamado Santo por Pio XI, em 1 de Abril de 19 34. Festejado canonicamente pela Igreja a 31 de Janeiro, também neste dia os ilusionistas se reunem para das mais diversas formas honrar o seu patrono. E mais não digo porque  as grandes figuras da humanidade dispensam palabriado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:53


4 comentários

De Praia da Claridade a 01.02.2007 às 18:13

Aqui também se aprende !... Desconhecia São João Bosco, o mágico.
Os meus parabéns por essa dedicação à área do ilusionismo |... Fascinante...
Venho também desejar boa viagem e boa estadia, ser for caso disso, nesta zona da Praia da Claridade.
Filipe, com o da minha Praia.

De Sindarin a 02.02.2007 às 15:51

Olá amigo! Aqui presto tb a minha homenagem. Ñ conhecia a história desta forma e gostei mto de ler. Desejo um óptimo fim de semana pela capital do barro e agradeço mto a amizade das visitas ao meu bloguito. Um beijinho amigo.

De Ana Martins a 11.06.2007 às 15:54

Boa tarde, o meu nome é ana martins e estou a fazer um trabalho sobre ilusionismo em lisboa. Gostaria de saber se conhece algum ilusionista que possa entrevistar.
Deixo o meu email para que me possa centactar caso se lembre de alguém, uma vez que diz saber o assunto.

anacatarina.dagama.martins@gmail.com

Cumprimentos,
Ana Martins

De aquimetem a 11.06.2007 às 21:09

Caríssima, embora já há muitos anos afastado do palco ainda conheço e me reconheço no mundo mágico. Não sei em concreto o que pretende descrever à volta desta maravilhosa arte de ilusionar os sentidos; se é para penetrar com a pena nos "segredos" da Arte, não vai ser fácil encontrar explicador. Se é apenas para fazer um esboço histórico qualquer artista se disponibiliza a dar apoio; mas a minha amiga querendo tem a Associação Portuguesa de Ilusionismo (API) a quem pode recorrer, mas aviso-a informações técnicas não lhe são fornecidas com facilidade. Se entretanto estiver interessada em mais informações minhas estou ao inteiro dispor, e ajudarei no que puder.
PS Só hoje tomei conhecimmento da sua mensagem.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D